Agradeça e seja feliz Posts

Dê graças pelo que tem.

Um péssimo costume é ficar reclamando da vida, de tudo que poderia ter e ainda não tem.

Oprah Winfrey disse mais ou menos assim: se você olhar honestamente para o que tem, vai te parecer que tem mais, mas se você ficar olhando só para o que não tem, vai te parecer que te falta muito.

As pessoas que olham o seu copo meio vazio perdem a chance de aproveitar aquilo que já tem, ao passo que a pessoa que olha o copo meio cheio, aproveita, saboreia a vida com tudo que lhe é agraciado.

Temos que olhar a vida com olhos agradecidos e as mãos sempre estendidas em gratidão, e isso é uma condição para se receber mais.

A graça de hoje.

A graça de hoje eu tenho que estar atento para reconhecer.

Agradeça hoje por tudo que tenha recebido e peça com as mãos abertas e o coração agradecido pelas coisas que estão por vir.

Aprendi com o meu avô materno que todo dia temos que pedir e agradecer. Sei que sempre terei algo para pedir, e costumeiramente é algo apartado do mundo material, sem valor de mercado. Peço pela serenidade para enfrentar os problemas que vem pela frente. Peço coragem para me levantar das quedas e bastante humildade para tirar uma lição de cada uma delas.

A semana há de começar bem, e me sinto grato por ter tudo que preciso para conduzir os meus projetos.

O caminho é repleto de encruzilhadas, dúvidas e medo, mas tenho sido permanentemente brindado com a luz para discernir o que é adequado fazer, e isso tem me livrado de arrependimentos, ressentimentos e culpa – sei que dei o melhor de mim.

A emoção da gratidão.

O que é a emoção da gratidão?Não se sinta desencorajado quando o ambiente é de pessoas duronas que insistem em considerar que as pessoas não fazem mais do que a obrigação. Agradeça, dê exemplo e tente instilar um pouco dessa emoção maravilhosa que é se sentir grato e expressar a gratidão.

Diz a autora Melody Beattie que a gratidão dá sentido ao nosso passado, traz paz ao nosso presente e cria uma visão para o amanhã.

Não seria a gratidão uma ponte para essa jornada, que por vezes nos deixa de joelhos, mas na maioria das ocasiões, nos faz sentir grato simplesmente por estar vivos, saboreando desse exato momento.

O valor de cada pequena coisa.

Sempre me pareceu lógico de que a sequência é de valorização e depois de gratidão, mas aprendi que na verdade é o contrário.

Quando agradecemos por alguma coisa que recebemos, passamos a valorizar ainda mais o que recebemos. É como se potencializássemos tudo que acontece de bom na nossa vida.

Portanto, o essencial não é a valorização, mas sim a gratidão.

Quando olhamos um ato, evento ou objeto com olhar agradecido, mais desfrutamos, e maior benefício tiramos dele.

As bênçãos que recebi.

Aprendi a enxergar com mais honestidade as bênçãos que recebi.

As coisas negativas tendem a nos marcar mais que as coisas positivas, e por esse motivo, temos que fazer um esforço para que o balanço da vida ganhe um equilíbrio adequado.

Mesmo quando recebemos mais do que ganhamos, temos uma tendência de achar que a vida nos deve algo, que ficamos no prejuízo. Isso não é verdade, e qualquer um é capaz de fazer esse exercício.

Veja até onde você chegou, e relacione a ajuda que recebeu até aqui.

Relembre cada momento em que se sentiu desamparado e a ajuda chegou de repente.

A gratidão e a retribuição.

Nunca conseguirei retribuir ou passar adiante tantas graças que recebi e sigo recebendo.

Penso sempre em dar e retribuir, mas aprendi que não devo pensar na medida nem na paridade daquilo que me foi agraciado e daquilo que tento compartilhar. O balanço sempre vai dar vantagem para aquilo que tenho recebido.

Tendo isso em mente, decido simplesmente ser bom e fazer o bem, ajudar. Não analisar o dar e receber – simplesmente dar.

Sou uma pessoa abençoada por tudo que a vida tem me dado.

A vida não me deve nada.

Não devemos ficar cobrando da vida algo que ela ainda não te deu. Temos que fazer a nossa parte, se levantar do sofá e abandonar a atitude do reclamão, eterno insatisfeito com a vida.

Não tenho dúvidas que todos vamos ser brindados com muitas realizações e algumas surpresas estupendas no trajeto que ainda tem para seguir. Mas não devemos cobrar isso da vida, nem de ninguém. Temos que fazer a nossa parte e correr atrás dos nossos sonhos, nossos objetivos.

No balanço de perdas e ganhos, considero que a vida não me deve nada.