Você não precisa fazer tudo hoje.

Você não precisa ficar angustiado para fazer tudo hoje.

Amanhã você será brindado com 24 horas novinhas em folha. Trabalhe duro, mas não se estresse se deixar um pouco para fazer amanhã.

Leve a vida um dia de cada vez. Aproveite o momento presente e pegue leve consigo mesmo.

O sol vai se por, a luz vai deixar de brilhar e o tempo parece que acabou, mas amanhã tem mais, graças a Deus.

Não raro somos tomados pela ânsia de querer resolver tudo na nossa vida. Parece que os problemas são maiores que a nossa agenda de 24 horas é possível suportar.

É preciso relaxar.

É preciso aceitar os resultados na velocidade adequada.

Nada se resolve da noite para o dia.

Você não acorda um certo dia e percebe que os problemas se resolveram. Ou ainda, você não termina o dia com a satisfação de ter resolvido tudo.

Por mais que você se dedique na busca da solução, ela pode demorar alguns dias e até semanas para aparecer.

As condições podem não se configurar para te ajudar hoje, mas amanhã é um novo dia. Vá com calma.

Um dia de cada vez.

Como já aprendemos com as palavras do Papa João XXIII, só por hoje vou procurar viver positivamente sem querer resolver todos os problemas da minha vida de uma só vez.

Diz o blog Lifehack, que devemos fazer algo por nós a cada dia. Correr atrás de resolver os problemas, pagar as contas, concluir as tarefas é uma questão de sobrevivência, mas se gostamos de nós mesmos, devemos fazer algo para si próprio todos os dias.

-se cerque de pessoas felizes.

-reserve um momento para pensar nas coisas que te faz feliz.

-encontre um pouco de humor nas situações.

-cuide da saúde.

-entenda que você merece a felicidade.

Passe diante.

Beco

1 Comentário

Eli Lima

about 6 anos ago

Tudo bem, salvei tudo que tinha pra salvar e vou dormir, agora. Amanhã eu leio este texto novamente e durmo mais cedo ainda. Quem sabe não paro de querer resolver tudo até as 2h. Nunca consegui mesmo... (esta conversa é comigo mesma, tá?) Obrigada pela contribuição. Fique bem.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta