Você não precisa de permissão para ser feliz.

A única permissão que você precisa para ser feliz é a sua própria.

Simples assim.

Algumas idéias para amadurecer.

Muito foco nas coisas ruins da vida só atrapalham. Tire o pé da lama. Sinta o solo firme e aprenda gostar da sensação.

Irradiando felicidade você estará fazendo um bem às pessoas que te cercam – portanto, não é um ato de egoísmo.

Permita – a felicidade vai estar onde você permitir que ela esteja.

Assuma que você pode escolher ser feliz.

Assuma que você merece o bem, a felicidade.

Quando o negócio é tristeza, se permita ficar triste. Se permita falhar. E na mesma linha, se permita ser bem sucedido. Reconheça o duro que deu para chegar lá – você merece.

Tudo isso é um padrão mental que precisa ser mudado.

É preciso praticar.

A culpa e a busca da perfeição também precisam ser abandonadas.

Acredite em fazer o possível e se contentar com isso.

Se permita fazer coisas de que gosta bastante. Sentir o prazer de fazer.

Se dê valor e se trate com respeito.

Às vezes perdemos algo valioso, rompemos uma relação preciosa, ou somos privados da companhia de alguém querido. Parece que não temos permissão para ser feliz.

Trabalhe isso.

Finalmente: se permita ser feliz.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta