Vitórias pequenas me interessam.

Aprendi a valorizar as pequenas vitórias, os pequenos passos, o progresso, um dia de cada vez.

É como se eu estivesse atravessando um lago, saltando nas pequenas pedras. De pedra em pedra, sei que está dando certo, e que consigo chegar ao outro lado.

A vitória vem todo dia, e aprendi a valorizar as pequenas vitórias, as pequenas conquistas.

A vida é construída a cada etapa, e cada pequeno passo tem o seu valor.

Humildade:

Os passos são pequenos, as pernas têm limitações, mas quando olhamos para trás, nos impressionamos com o longo trajeto que já concluímos.

Aprendi a olhar o mundo com humildade, e acho que até, com mais realidade.

Não ganhamos na loteria, e nem ganhamos a sorte grande.

Voltar para casa depois de um dia de trabalho – respirar fundo e sentir a satisfação de estar de volta – a satisfação do dever cumprido – um dia produtivo de trabalho – uma pequena vitória.

Pequenas vitórias:

Assistir a audição musical do filho pequeno, ainda no princípio da sua aprendizagem – uma grande alegria – uma pequena vitória.

As pequenas vitórias nos levam ao grande resultado, e o grande resultado, pode nem ser um grande feito, mas o conjunto da obra.

As pequenas vitórias te mostram todo momento que a vitória é possível – não se esqueça.

As pequenas vitórias e pequenas realizações são sempre parte de algo maior, e tudo se encaixa no grande plano.

Pequenas realizações podem te surpreender com o tempo – podem se revelar um grande presente.

As pequenas vitórias também te preparam para as grandes, pois te tiram da obsessão de um grande feito, uma grande realização, o que paradoxalmente te leva a elas. Quando tiramos o grande feito do nosso radar, melhora as nossas condições para realizá-lo.

Celebrar as pequenas vitórias é reconhecer a própria capacidade, é acreditar na vida, nas possibilidades.

Beco

1 Comentário

Marina

about 5 anos ago

Oi Beco! Olha como suas palavras me acalmam e me fazem sentir uma paz tao boa...Obrigada sempre!

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta