Vá um pouquinho além.

Vá um pouquinho além do que aponta a sua disposição. Sempre podemos ir um pouco mais além, caminhar mais cem metros, avançar um pouco mais no projeto, dar um pouco mais de si.

Isso vale para as coisas práticas mas principalmente nas questões pessoais, sempre podemos tolerar mais, perdoar mais.

Podemos avançar mais um pouquinho também quando se trata de fazer menos, fofocar menos, se culpar menos, querer menos coisas.

Hoje pode ser um dia para dar um pouco mais naquilo que é o projeto do dia, tanto pode ser de trabalho quanto resolver alguma pendência pessoal.

Determinação:

Temos que ter a determinação para ir um pouco mais além, especialmente quando estamos atormentados por problemas, esgotados e confusos.

Se te disserem para caminhar mais cem metros quando você está bem alimentado e acabou de acordar, com toda disposição, você vai achar uma tarefa fácil. No entanto, se você estiver exausta depois de uma jornada cansativa, com o sono atrasado, com fome, com sede, e dores no corpo, qualquer metro a mais pode parecer uma tormenta.

Nesse caso, quando estamos emocionalmente comprometidos, ansiosos e estressados, temos que encontrar um pouquinho mais de energia para avançar um pouco mais. Isso pode fazer diferença.

A aproximação com as pessoas e a solução de problemas de relacionamento pode ser facilitada.

Conflitos domésticos:

As tarefas de casa podem ser equacionadas, os conflitos domésticos podem se encaminhar para uma solução.

Sempre podemos fazer um pouco mais, e a determinação para fazer isso, vem de um músculo que tanto pode ser fortalecido quanto exaurido.

Se ficarmos sempre procrastinando, empurrando com a barriga as mínimas tarefas, estamos exaurindo desnecessariamente o nosso músculo.

Quando deixamos a racionalização de lado, o cansaço e simplesmente levantamos a cabeça e caminhamos mais cem metros. Assim estamos poupando e fortalecendo o nosso músculo da determinação.

Faça alguns testes consigo mesmo e vai fica surpreso como a sua força de vontade foi aprimorada.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta