Vá com calma.

O estresse provoca um mal para o nosso organismo que nem conseguimos avaliar.

O neurocientista e professor da Universidade de Stanford, Robert Sapolsky escreveu um livro: porque as zebras não têm ulceras, onde explica esse processo, e a gravidade para o homem moderno.

Não traga o estresse do trabalho para casa, e quando chegar para se encontrar com a sua família, deixe essa contaminação no escritório.

Comece o dia com calma, e não tome o café da manhã na correria, repassando neuroticamente tudo que vai ocorrer durante o dia.

Momento de paz:

Tenha alguns bons minutos de paz pra começar bem o dia.

Conviva bem e serenamente com a família de manhã e à noite quando retornar. Faça do seu lar o seu porto seguro. Não traga lixo emocional para dentro de casa.

Sei que o mundo profissional é uma guerra, e muitos querem comer muitos. Em muitas ocasiões, nos sentimos como o homem das cavernas, uma questão de matar ou morrer.

Aquele que gosta de praticar exercícios físicos pela manhã, saiba que é uma excelente prática para se acalmar pela manhã.

Para os que fazem de noite quando terminam o trabalho, também é uma boa prática, pois relaxa o corpo depois de tanta labuta.

O estresse chegando:

Aprenda a ler os sinais do seu corpo e acenda a luz amarela quando o estresse bater a porta do seu organismo. Desenvolva alguns mecanismos para interromper esse processo, sempre que possível. Uma breve meditação sempre ajuda.

Sabemos que o estresse é positivo quando nos coloca em movimento, correndo atrás das metas e objetivos, enfrentando a competição. Mas o excesso vai te matar. Se cuide, trabalhe duro, dê o seu melhor, mas não se mate de trabalhar.

O ambiente de trabalho é repleto de inputs para te estressar, e levamos muito para o lado pessoal, assimilamos completamente e com isso nos estressamos desnecessariamente.

Não leve os comentários e as investidas agressivas como um caso pessoal. Pense apenas como uma competição natural por cargos, bônus e reconhecimento.

Gostaríamos que fosse diferente, mas a vida real é assim mesmo. Vá com calma.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta