Uma sensibilidade exagerada.

Sentimos, às vezes uma sensibilidade exagerada. Notamos isso nas pessoas, e certamente acontece com a gente também. Há dias que estamos particularmente doloridos, qualquer coisa nos deixa magoado. Ficamos sentidos por quase nada, desconfiamos, sentimos medo e não raro ficamos fugindo das pessoas com medo de se magoar.

Deixe a serenidade chegar:

Temos que buscar um momento de reclusão e silêncio, deixar a serenidade nos dominar e refletir bem dentro de nós o que realmente está nos deixando nesse estado de fragilidade emocional.

Quando entramos nessa roda viva da mágoa, nem nos damos conta do que realmente está causando esse estado.

A serenidade nos permite um senso de proporção, percebendo a importância relativa das coisas e dos eventos. Nos permite também compreender o que é causa e o que é efeito, pois podemos cair no erro de querer corrigir os efeitos sem antes analisar o que o está causando.

Quando estamos assim, e é fácil perceber, pois sentimos o peito apertado por qualquer situação, choramos por pouco e ficamos com o ímpeto desencontrado de agarrar e soltar, trazer e afastar.

Os amigos e familiares notam logo esse desequilíbrio, e podem nos ajudar. Uma conversa do tipo mão na mão, cabeça no ombro pode nos ajudar a resolver isso dentro de nós.

Procure ajuda sempre que achar que a dificuldade é grande demais. Não deixe esse estresse emocional se prolongar pois representa um risco à saúde.

Vá com calma, não se cobre tanto e relaxe.                                                                                                                   R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked