Uma boa razão para ter esperança.

Não tenho qualquer razão para acreditar que o futuro será pior.

Tenho uma vida boa, sou feliz a maior parte do tempo, e todas as indicações são razões de sobra para ter esperança no futuro.

Devo olhar a vida com otimismo. Tenho sessenta anos e ainda em processo de crescimento pessoal, e sei que posso fazer melhor.

Posso aprender com meus erros, relevar os contratempos e seguir de cabeça erguida.

Futuro imprevisível:

Olhar o futuro com otimismo não quer dizer com miopia com relação aos problemas e dificuldades que sei que terei pela frente.

Sei, no entanto, que vou conseguir dar conta. Quando os problemas aparecerem, saberei resolver, além da consciência de que não estou só. Posso contar com a ajuda valiosa dos amigos e familiares, e tiver a sensação de que tudo está perdido, posso confiar numa Força Superior para iluminar o meu caminho.

Quem sabe o que vem pela frente?

A vida é, em grande escala, imprevisível, mas sei que de qualquer forma não ficarei desamparado.

Aprendi a ter expectativas realistas com a vida.

Aqueles sonhos irrealizáveis e irreais são coisas do passado.

Não deixei de sonhar e desejar um mundo repleto, farto e perfeito, mas sei que a realidade é outra coisa.

Fazendo um balanço dos ganhos e perdas, sei que os ganhos ganham com grande vantagem, e sobretudo, aprendi a valorizar as perdas e reveses da vida. Tudo pode se transformar em lições, em aprendizagem.

Não fico tão ansioso para ver o futuro e não me sinto amedrontado pelas ameaças, a maioria delas, infundadas.

Por tudo que já vivi, tenho razões de sobra para ter esperança.                                                                                  R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta