Um momento de paz

Usufrua de um momento de paz, e a paz no nosso dia a dia é, sobretudo, uma paz interior.

Muitas vezes as circunstâncias não mudam nadinha, mas a turbulência interna, o diálogo negativo incessante não nos deixa em paz.

Respire fundo, lenta e compassadamente e deixe ir as preocupações que muitas vezes estão apenas na nossa imaginação.

Sinta a ventania mental se acalmar, sinta este momento de paz quem vem dentro de você.

Para quem acredita, se conecte com aquela Força Superior, sintonize o seu coração, e deixe a paz te inundar, mesmo que por um breve momento.

Energia do bem:

Sinta a energia do bem te revigorar. Perceba a ruminação mental baixar o volume, perder o seu efeito danoso.

A nossa mente é um caso sério. Temos que acalmar os nossos medos, o cérebro ancestral, permitir o diálogo entre a razão e a emoção e restaurar a harmonia. Sei que não é uma tarefa fácil, mas vale sempre tentar, pois o benefício é grande.

Não deixe a sua mente se acostumar com tanta confusão nem o coração se embrutecer com coisas negativas que você não consegue evitar.

Uma caminhada compassada, concatenada com a respiração, sem destino certo, apenas uma meditação caminhando pode te ajudar a ficar em paz. É um desapegar, se distanciar desse diálogo mental neurótico, isolar um pouco as preocupações infundadas acerca do nosso futuro, e deixar a paz tomar o seu lugar.

A nossa mente navega por prioridades, problemas sem fim, coisas do passado que não deveriam mais tomar lugar nas nossas preocupações. Temos que buscar um mecanismo para acalmá-la.

Quando conseguimos momentaneamente silenciar esses muitos tormentos, nos permitimos pulsar harmonicamente com tudo que nos cerca. E quando isso acontece, temos que usufruir, sem resistência, agradecidos e humildemente valorizados.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked