Um bom estoque de raiva.

A raiva é um sentimento interessante.

Quanto mais eu uso, mais aumenta o meu estoque e mais raivoso fico.

Já imaginou se fosse assim com o seu dinheiro, quanto mais se usa, mais aumenta?

Mas esse estoque, esse monte de amargura faz um mal enorme à nossa saúde.

A raiva alimenta o estresse e inúmeras doenças, além de nos afastar das pessoas e de nós mesmos.

Raiva:

Carregados de raiva, tornamos pessoas indesejáveis, desagradáveis e más companhias.

Os ressentimentos funcionam como uma névoa diante dos olhos, não permitindo que apreciemos a vida.

Ao nos relacionarmos com os outros, levando o peso das emoções negativas, deixamos de apreciar a beleza de cada pessoa, as suas qualidades, talentos, sonhos e realizações.

Ao chegarmos a uma festa ou reunião, percebemos logo as pessoas pesadas e evitamos desperdiçar o nosso tempo com elas.

Qualquer tema abordado na reunião é motivo para um comentário rancoroso que ninguém está interessado em ouvir.

Quando nos colocamos do outro lado, percebemos o que estamos perdendo. A vida passa ao largo, enquanto as pessoas negativas ficam presas dentro da sua armadura de rancor.

E o pior é que isso funciona como um círculo vicioso. Quanto mais raiva e rancor expressamos, mais acumulamos para gastar. E temos que gastar nos outros para não ficarmos malucos. Simplesmente não conseguimos conter.

A melhor solução é reverter esse círculo vicioso, tornando-o um círculo virtuoso.

Deixar ir a raiva. Aceitar mais. Perdoar e deixar de culpar os outros e a si mesmo.

Ser mais generoso com os outros e consigo mesmo.

Experimente o lado doce da vida, para assim adoçar a si mesmo.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta