Tudo melhora quando eu melhoro

Tudo melhora quando eu melhoro

Queremos melhorar a nossa vida e eu tenho que acreditar que tudo melhora quando eu melhoro.

Vivemos em estreita harmonia com o mundo a nossa volta.

À medida que melhoramos, melhoramos também tudo que nos cerca, por vários motivos.

Sintonia positiva:

Primeiro é que nos sintonizamos com as coisas positivas, deixando as negativas em segundo plano.

Segundo é que passamos a enxergar melhor os aspectos positivos da vida e do mundo.

Terceiro, é que atraímos coisas positivas e pessoas positivas.

Se você não acredita muito na força da atração, pense na sua experiência pessoal.

Você se sente atraída ao se aproximar de uma pessoa positiva ou negativa.

Você se sente confortável a colaborar com uma pessoa positiva, contributiva, amigável?

E o que você me diz de uma pessoa traiçoeira, negativa, vingativa e aproveitadora? Você se sentiria à vontade para ajudar uma pessoa assim?

Positivo atrai positivo:

Para mim, me parece que o positivo atrai o positivo.

Quando nos engajamos verdadeiramente na melhoria pessoal, estamos aumentando as nossas chances de receber coisas boas, de progredir e evoluir.

As coisas melhoram à medida que eu melhoro.

É um círculo virtuoso. É uma sintonia e uma harmonia muito fácil de entender.

Quanto melhor eu me torno, melhor as coisas se tornam.

Sabemos que o contrário acontece. É o círculo vicioso.

Atitude negativa:

As pessoas assumem uma atitude negativa em relação à vida e o mundo e por algum motivo, são atingidas por inúmeras desgraças.

As pessoas boas se afastam, e as interesseiras se aproximam.

É como baixar o seu nível de tal modo que passa a conviver apenas com os insetos e seres rastejantes.

Opção correta:

Faça uma opção correta. Assuma uma atitude positiva e caminhe com desenvoltura pela estrada da melhoria contínua.

Você pode sempre adotar uma atitude de crescimento, procurando melhorar um pouco de cada vez. A caminhada é longa mas você só precisa fazer hoje o que pode fazer hoje.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta