Trabalhar menos vai te fazer mais feliz?

Trabalhar menos vai te fazer mais feliz?

Parece intuitivo que se pudéssemos trabalhar um dia a menos na semana, seriamos mais felizes. Especialmente as mães que cortam um dobrado para cuidar das crianças, passar as orientações em casa e apresentar um desempenho exemplar no trabalho, ficariam mais satisfeitas com a vida numa jornada mais curta.

Um interessante estudo conduzido na Coreia em 2004, pelo próprio governo, mostra resultados intrigantes depois de uma década de avaliação. O governo fez um esforço enorme para que as companhias encurtassem em um dia a jornada dos coreanos, de seis dias para cinco dias.

Trabalho e felicidade:

A expectativa era que os indivíduos, tão pressionados e estressados na jornada diária, teriam mais tempo para o descanso, entretenimento e convívio familiar. Com isso, estariam não só mais satisfeitos com a vida, mas também com o trabalho.

Uma constatação interessante é que boa parte das empresas que cortaram as horas trabalhadas, mantiveram a mesma pressão por resultados. Isso fez com que os trabalhadores tivessem que se desdobrar para produzir o mesmo, com uma jornada reduzida. Nestes casos, a jornada reduzida não produziu os resultados de maior satisfação com a vida.

Isso nos leva a uma reflexão, que vale para as pessoas que se aposentam. “É preciso preencher as horas vagas com algo que realmente preencha a nossa vida. Temos que colocar mais vida nas nossas horas e não mais horas na nossa vida.”

Trabalhar menos só faz sentido se utilizarmos o tempo em atividades que nos engrandeçam, nos torne mais satisfeitos com a pessoa que estamos nos tornando.

Levar a vida no piloto automático pode nos levar a destinos indesejáveis, assim como perdemos a chance de apreciar o trajeto, aquilo que acontece na nossa vida todos os dias.

Rubens Sakay (Beco)

Botão da Felicidade

SE VOCÊ TIVESSE UM BOTÃO QUE BASTASSE ACIONAR PARA SER FELIZ, VOCÊ APERTARIA?

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta