Temer o pior, mas esperar o melhor.

A esperança, eu aprendi, deve aparecer justamente quando as coisas não estão indo bem.

Podemos temer o pior cenário, mas devemos esperar e trabalhar para que tudo acabe bem.

Possibilidades existem, e vamos trabalhar para que as melhores se concretizem.

Quando algo de negativo nos abate, temos duas atitudes, o desespero ou a esperança.

A primeira nos remete para o estresse, o negativismo e pessimismo, e acabamos debilitando o próprio organismo. A segunda é virtuosa, pois nos enche de coragem, afina o nosso juízo para o certo e o errado, e abre a nossa mente para enxergar as saídas.

Pessimismo cega as pessoas:

A ciência mostra que o pessimismo cega as pessoas para as oportunidades, as saídas, as soluções.

As pessoas pessimistas desistem com facilidade e enfrentam dificuldades no relacionamento.

Por outro lado, as pessoas otimistas enxergam múltiplas possibilidades, não se estressam diante de situações críticas, afinal, sempre há um jeito, e para cada problema tem uma solução.

Sem dúvida temos medo, tememos um futuro desastroso, muito receio de que a coisa possa realmente piorar.

Mas temos todos tendência a nos preocuparmos em excesso, especialmente com situações negativas que não irão se concretizar. Mas isso é uma característica humana que temos que aprender a administrar.

Uma das técnicas que devemos lançar mão, é desafiar a nossa mente catastrofista.

Pense seriamente no cenário negativo que a sua mente insiste em desenhar, e desafie cada pedaço.

O futuro pode ser melhor que a encomenda, e já sabemos disso, pois inúmeras foram as vezes que o final foi melhor do que pensávamos.

Tudo acaba bem, e se ainda não está bem, é porque ainda não chegou ao fim.

Sinta medo, reconheça isso dentro de você, mas não deixe que isso te leve para o pessimismo e o imobilismo.

Somos capazes de reverter as situações negativas, somos criativos e determinados.

Confie na sua capacidade, confie numa Força Superior – confie no seu futuro.

R.S. Beco

1 Comentário

lilas666

about 4 anos ago

Republicou isso em Cosmopolitan Girl.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta