vida boa Posts

A vida é boa e temos que aceitá-la por inteiro

A vida é boa e temos que aceitá-la por inteiro

Podemos até reclamar de algumas passagens, mas a vida é boa, e temos que aceitá-la por inteiro.

A vida é um pacote completo.

Coisas boas acontecem, mas coisas não tão boas acontecem também.

Temos dificuldades, mas também encontramos ajuda e iluminação quando mais precisamos.

A aceitação da vida por inteiro é fundamental para a busca da felicidade.

Faça valer a pena.

Faça valer a pena o que está fazendo nesse momento. Aproveite e usufrua o máximo.

Mesmo que o momento seja casual, sem planejamento, faça como se tivesse havido um planejamento acurado. Imagine que você esteve esperando por isso, participe compenetrado e tenha boas lembranças do ocorrido.

Não encare a vida como um parque de diversões onde tudo é de graça, e a vida acaba perdendo a graça.

Uma vida pode ser emocionante se você quiser que assim seja, basta entender cada momento como um evento carregado de especial emoção.

O que está acontecendo de certo?

Temos sempre uma tendência a prestar atenção ao que acontece de errado com a gente.

É fato que queremos consertar, evitar, corrigir e fugir de maiores confusões. Queremos uma vida mais tranquila e feliz.

Mas isso também tira o nosso olhar para aquilo que está acontecendo de certo.

Afinal, o que está certo na minha vida?

Transforme a ocorrência em experiência.

Toda vez que uma coisa boa te acontece, você tem a chance de transformá-la em uma boa experiência.

Como é que fazemos isso?

Quando um fato bom acontece, você pode perceber e não fazer mais nada a respeito e terá perdido a sua chance de agregar esse fato à sua memória de boas experiências.

Traga o fato para dentro de si, analisando cada aspecto bom, cada benção.

Usufrua desse fato em cada detalhe, transformando-o em experiência única e subjetiva. É como saborear um pequeno pedaço fantástico de chocolate.

Um dia melhor.

Se determine a transformar o dia de hoje, num dia melhor do que você próprio imaginou.

Faça algo que inesperadamente pode dar um toque especial no seu cotidiano – use a imaginação – recorra às coisas que gosta na sua memória – recupere algum projeto esquecido.

Temos o péssimo costume de procrastinar mesmo quando sabemos que aquilo que adiamos pode nos trazer bem estar.

Procure as notícias boas.

Temos um cérebro formado para se fixar em notícias ruins. O que é ruim, desastroso e perigoso chama a nossa atenção.

E o noticiário é construído para mostrar as catástrofes e chamar a nossa atenção. Como diz o velho ditado dos noticiários: “if it bleeds, it leads”, quer dizer que aquilo que sangra chama a nossa atenção.

Não é a toa que trafegamos nas estradas e constatamos que congestionamentos enorme se formam com a cena de um acidente. Mesmo que os veículos já estejam fora da pista, e os acidentados já tenham sido removidos, reduzimos drasticamente a velocidade para apreciar a ocorrência.

Tudo parece dar errado.

Quem é que nunca viveu um dia daqueles que nada dava certo?

Começa com uma ofensa pessoas sem motivo nenhum, o compromisso desmarcado de última hora, o carro que se quebra, o cachorro que morre, e tudo parece dar errado, uma coisa depois da outra.

Mas sei que nada é tão ruim assim, e posso virar esse jogo.

Mesmo que o plano seja desmontado sem sequer alçar voo, eu tenho a capacidade de planejar outra coisa, mudar de rumo, fazer outra coisa.