vai passar Posts

A tempestade vai passar e a poeira vai se assentar

A tempestade vai passar e a poeira vai se assentar

É comum ficarmos confusos e desorientados no meio de tantos problemas, mas a tempestade vai passar. Quando isso acontecer a poeira vai se assentar e a fumaça também vai dissipar.Há momentos em nossa vida que os problemas aparecem encarreirados, um atrás do outro.

No meio da nuvem de poeira não é possível  enxergar os caminhos, e nos sentimos imobilizados nas decisões. Sei que muito daquilo que vejo turvando a minha visão é o calor emocional do que está acontecendo.Nessa situação, é bom deixar a coisa se acalmar não só para nós mesmos, mas também para as outras pessoas.

Como já comentei várias vezes, a água, no fundo do lago é sempre calma. Devemos portanto, num momento de agonia e dificuldade, buscar a paz interior e a serenidade, e assim enxergar os caminhos que temos que seguir.

A vida não é uma tragédia

Coisas ruins podem acontecer, e os problemas podem querer te derrotar, mas a vida não é uma tragédia.

Muita dor e períodos longos de sofrimento parecem apontar para uma luta sem fim, mas temos que enxergar a luz no final do túnel. Se o fundo do poço parece chegar, dê um impulso com os pés e se lance para cima.

Não há vida sem sofrimento, e nada vem por acaso. A árdua luta de hoje vai mostrar o seu valor um pouco mais adiante.

Temos muito para reclamar da vida, mas não devemos.

A luz no fim do túnel.

A luz no fim do túnel não é uma ilusão, o túnel é que é. A luz sempre está lá, mesmo que a situação lhe pareça fora de controle.

Os problemas podem fechar a nossa visão de tal modo que não enxergamos mais nada. Se uma pequena luz aparece lá no final, como se fosse o final do túnel, siga por ali. Siga confiante e determinado.

Não há situação sem saída, confie na sua capacidade.

O mundo não é tão hostil assim, mesmo que os problemas e perigos sejam parte da nossa vida.

Minha vida virada pelo avesso.

Quem nunca sentiu a vida virada pelo avesso. Já me senti assim, como se tudo estivesse virado pelo avesso.

Nada mais estava no lugar, a vida familiar, o trabalho, perdi o rumo.

Perdi o chão, como se costuma dizer, aliás, nem conseguia ver mais o chão.

Nessas situações, há que se ter calma. A tempestade vai passar, pois não há mal que dure para sempre.

A serenidade em meio ao caos.

Muitos de nós vivemos vidas caóticas. É como pular de um problema para outro.

Parece que somos do corpo de bombeiros – sempre com o extintor para apagar algum incêndio.

A crise pode acompanhar períodos longos da nossa vida.

Uma doença familiar, o alcoolismo ou qualquer tipo de dependência química pode provocar crises intermináveis.

Uma realidade a ser enfrentada.

Podemos desejar uma circunstância diferente.

Podemos ter esperança de que as condições mudem e melhorem, mas a realidade tem que ser enfrentada, qualquer que seja.

A vida nos impõe situações difíceis, é verdade.

Mas é para o nosso crescimento, e as adversidades vão moldar o nosso caráter, vai fazer de nós, pessoas fortalecidas, resilientes.

Catástrofes não tão catastróficas.

Muitas situações que imaginamos catastróficas acabam não se confirmando.

Será que temos uma tendência de imaginar sempre o pior?

Acho que não. Precisamos na verdade é recuperar o senso de proporção.

Nem tudo está perdido, e se tivermos um pouco de calma vamos encontrar a saída.