vá com calma Posts

Não coloque a carroça na frente dos burros, vá com calma e não force as situações

Não coloque a carroça na frente dos burros, vá com calma e não force as situações

Muitas vezes perdemos a calma e forçamos as situações, o que acaba complicando mais a nossa caminhada. Temos muita ansiedade para ver as coisas resolvidas e projetos concluídos.

Às vezes tentamos encaixar coisas que naturalmente não se encaixam.

É como o bebê tentando encaixar o cubo no buraco redondo.

Nós nos alteramos quando falamos, forçamos a barra para as coisas acontecerem.

Não raro, isso resulta em atrito, conflito e infelicidade. Tenha calma. Às vezes é bom deixar a poeira se assentar e voltar com calma para buscar a solução adequada.

Uma caminhada para acalmar a mente

Uma caminhada para acalmar a mente

Acalmar a mente tem que ser uma prioridade no mundo corrido em que vivemos.

Costumo caminhar com a minha cadela de manhã e de tarde, e fico atento para aquilo que prende a atenção dela. A rua tem um tráfego intenso e pessoas cruzam o nosso caminho todo momento. Não quero nem de longe perturbar os outros com a ferocidade da minha companheira de caminhada.

Quando fazemos algo mecânico, sem rigor ou precisão, permitimos que a nossa mente vague por problemas fictícios. Julgamos as pessoas e nos preocupamos com coisas que não irão acontecer. Temos que afastar esse comportamento.

Não seja irritante com as outras pessoas

Não seja irritante com as outras pessoas

Não seja uma pessoa indesejável no seu meio, seja trabalho ou ambiente familiar.

Se alguém se irritou com o que você disse, não repita, e não alimente a confusão.

Você já deu o seu ponto de vista. Prosseguir só vai dar mais calor na discussão e mais estresse.

Quando você irrita as pessoas, esses sentimentos negativos voltam para você mesmo. Só faz mal a você mesmo.

Encontre a paz e o conforto nos braços da serenidade

A pessoa que foi capaz de alcançar um estágio de serenidade sabe que é um sentimento de paz incomum. A serenidade um estado profundo de relaxamento no qual a mente adquire clareza dos problemas e das soluções..

A serenidade não é um estado de torpor emocional ou de anestesia, mas uma calma suficiente para enxergar com clareza o nosso caminho.

Clareza para discernir os obstáculos e encontrar maneiras de transpô-los, ou mesmo contorná-los.

Você anda emocionalmente anestesiado?

Quem ainda não se sentiu emocionalmente anestesiado?

Às vezes saímos tão machucados das nossas crises que preferimos um congelamento dos sentimentos, só para não sentir a dor. Temos que fazer um esforço adicional para sair dessa dormência emocional.

É como se escolhêssemos a ausência de dor e também de satisfação, e muitas vezes fazemos isso com o auxílio de recursos tóxicos que temos que evitar a todo custo.

Vá devagar, reduza a velocidade para aproveitar mais a vida

A vida é mesmo corrida, e nem percebemos já estamos caminhando para o final do ano. Mas temos que ter o cuidado de não passar pela vida correndo, ou não vamos saborear as coisas boas que nos são oferecidas.

Ir devagar, ir com calma pode muitas vezes te permitir ir mais rápido.

Temos mais idéias e somos mais criativos quando pensamos com calma.

A correria, às vezes, pode ser uma perda de energia, pois podemos rodar em círculos atrás do próprio rabo.

Devagar é um movimento mundial. Faz bem para a mente, para o corpo e para o espírito.

Troque a pressa pela calma – vai melhorar o seu dia

Tenha calma.

Não encare a vida como uma maratona sem fim.

Você não precisa resolver tudo hoje. Um dia de cada vez.

Como já comentei aqui, amanhã, você será brindado com outras 24 horas novinhas em folha.