um dia de cada vez Posts

É um bom começo.

Devemos evitar a imobilização, amedrontados pelo tamanho da jornada. Comece pequeno, e se contente em fazer um pouquinho de cada vez.

Dê um pequeno primeiro passo, e faça o que está ao seu alcance.

O início do ano é sempre inspirador começar algo que temos protelado. Uma dieta, exercício físico, reatar relacionamentos, resolver conflitos familiares crônicos.

Comece pelo começo. Pode parecer evidente, mas sem planejamento, começamos no meio, nos frustramos com os primeiros resultados e paramos aí.

Esforço para se livrar dos defeitos.

Já consegui me livrar de alguns defeitos, mas ainda me incomodo com alguns comportamentos que me esforço para modificar.

O esforço desmesurado e concentrado para se livrar dos nossos defeitos pode ser pouco produtivo.

Esteja pronto para que os defeitos sejam removidos, e eles assim serão, em cada situação do seu cotidiano.

Traga para a mesa as suas virtudes e deixe que seus pontos positivos nublem os aspectos negativos.

A escada.

Você não precisa necessariamente ver onde a escada da vida vai dar, mas precisa ter a coragem para subir o primeiro degrau.

Saiba que à medida que sobe a escada, passa a enxergar a sua realidade de um ângulo melhor, com um horizonte maior, e os objetivos se tornam mais claros, a vida passa a fazer sentido.

Assim, mesmo sem ter tudo claro, suba o primeiro degrau.

Há pessoas que ainda não enxergaram a escada e vivem vagando feito zumbis pelo terreno, procurando alguma coisa para se apegar.

Sonho grande – ações pequenas.

Mesmo um sonho grande, se realiza com pequenas ações. Os pequenos passos e as pequenas iniciativas é que constroem os grandes sonhos.

Não perca de vista o grande sonho, mas não perca nenhuma chance de dar um pequeno passo.

Muitas vezes ficamos intimidados pelo próprio sonho. Parece grande demais, muita areia para o meu pobre caminhãozinho.

Nenhum grande sonho se realiza, assim, como num passe de mágica.

Sinto que estou fazendo errado.

A vida é um trajeto cheio de erros, acertos e correções.

Temos que ter serenidade para perceber ajustes que temos que fazer na viagem.

Não é o primeiro aviso que recebo, de que tenho que fazer as coisas com mais calma. Tenho uma tendência a correr, apressar o passo, fazer mil coisas juntas. É uma deficiência, e em alguns incidentes, acabo tendo que lidar com resultados indesejáveis.

Há cinquenta dias tive uma ruptura do tendão da mão direita provocada simplesmente pela mania de fazer as coisas apressadamente.

Os pequenos passos do crescimento.

Os passos do crescimento nos levam à reflexão sobre a longa caminhada da vida.

Com os pequenos passos é que se faz uma longa caminhada.

Me determinei a dar pequenos passos na minha jornada de crescimento pessoal escrevendo no blog.

Hoje, com esta postagem, acabo de concluir 1188 pequenos passos, consecutivos, um dia de cada vez.

No começo, era apenas a determinação de fazê-lo por 366 dias corridos, o que acabou chegando até aqui.

O crescimento é gradual.

Sempre questionamos sobre o nosso crescimento pessoal.

De repente temos a impressão de que não estamos crescendo, não estamos amadurecendo.

Será que ainda assim somos pessoas melhores que ontem?

E quando damos conta de que nos tornamos pessoas melhores, o que é que de fato aconteceu?

Podemos ter a sensação de que isso aconteceu da noite para o dia, mas seguramente o processo é gradual.

A persistência, um dia de cada vez é que leva ao resultado esperado.