só por hoje Posts

O estomago apertado.

Aquela sensação estomago apertado.

É um aperto emocional. Veja o que está te incomodando emocionalmente.

Difícil controlar as emoções, e as substância químicas que são geradas provocam todo tipo de sensação, inclusive o aperto no estômago.

Entenda bem suas emoções, evite encobrir e procure as causas.

Não finja que isso não está acontecendo, não finja as emoções.

O crescimento é gradual.

Sempre questionamos sobre o nosso crescimento pessoal.

De repente temos a impressão de que não estamos crescendo, não estamos amadurecendo.

Será que ainda assim somos pessoas melhores que ontem?

E quando damos conta de que nos tornamos pessoas melhores, o que é que de fato aconteceu?

Podemos ter a sensação de que isso aconteceu da noite para o dia, mas seguramente o processo é gradual.

A persistência, um dia de cada vez é que leva ao resultado esperado.

Deixe o passado e o futuro voltarem para o seu lugar.

Tire a sua cabeça dos arrependimentos de coisas passadas.

Tire a sua cabeça de preocupações excessivas sobre o futuro.

Deixe que o passado e o futuro voltem para o seu lutar, e assim você pode voltar a sua atenção para o momento presente, que é quando a vida acontece de verdade.

Coloque o bilhetinho na sua mesa de trabalho com a palavra AGORA.

Não há situação sem esperança.

Não há situação sem esperança e é bom você saber disto. Busque a serenidade e você vai enxergar o caminho de saída – o caminho da solução.

Não há situação tão dramática que alguém, exatamente como você, não tenha encontrado a saída, a iluminação.

Se é possível para outra pessoa – é possível para você.

Não devemos nos desesperar.

A dor pode ser amenizada.

Vida plena – os pequenos ajustes.

Já sabemos o caminho de uma vida plena.

Sabemos o que temos que colocar em prática.

Identificamos os hábitos nocivos que temos que abandonar.

Mas a vida é como um grande transatlântico. Os ajustes de rumo são aos poucos – um dia de cada vez.

Um dia de cada vez.

Eu tenho que dar conta do recado.

Tenho que assumir a responsabilidade sobre a minha vida.

Os problemas são muitos, mas tenho que ter a capacidade de resolvê-los.

Não posso reclamar da minha cruz, nem posso fugir dos problemas.

Mas acima de tudo, tenho que viver um dia de cada vez.

Consigo ver o quanto cresci.

Consigo ver o quanto já caminhei.

Olho para trás e faço as pazes comigo mesmo.

Aprendi a me admirar e reconhecer a força interna que tenho conseguido colocar a serviço do meu crescimento pessoal.

De tempos em tempos, temos que dar uma parada para refletir sobre o trajeto que estamos trilhando.

Os tempos foram realmente difíceis, mas consegui sobreviver.