siga o seu caminho Posts

A busca do solo firme.

A busca de solo firme debaixo de nossos pés traz sempre a insatisfação e a decepção de não ser capaz de encontrar tal conforto, lugar plenamente seguro.

Queremos um ponto de referência permanente, uma segurança de que estamos seguindo na direção correta. Para isso, quase sempre estabelecemos tal referência no mundo das coisas. Funciona bem para o projeto de carreira, o casamento, uma profissão bem sucedida. No entanto, aprendemos com o tempo que tudo isso é mutável, e no fundo, nem sabemos se tudo isso nos trará o conforto e a felicidade que tanto buscamos.

Deixe as pessoas se afastarem.

Deixe as pessoas se afastarem quando isso for o seu desejo. Não force tanta a barra para ficar perto de pessoas que não querem estreitar os relacionamentos contigo.

Deixe ir as pessoas que não querem mais o seu convívio. Pessoas se aproximam e se afastam e não tem nada de mais.

Não julgue as pessoas, não critique e se livre do incômodo, simplesmente aceitando que elas não querem mais estar próximos.

Tampouco se culpe, imaginando que fez algo de errado, pisou na bola, faltou com alguma coisa.

Você pode eventualmente perguntar se há algo de errado, especialmente quando valoriza bastante a amizade.

O carinho que não recebi.

Me parece às vezes que alguma coisa ficou faltando, e que não recebi a parcela de carinho que me cabia.

Quando somos criados em uma família grande, é inevitável sentir que fomos o filho renegado, e que o ônus ficou um pouco maior para nós, e o bônus ficou um pouco desequilibrado para o lado dos outros.

Esse sentimento pode se prolongar longe na vida, contaminando as relações no trabalho e também na nova família formada.

Essa carga emocional negativa e desnecessária, nos premia com aquela dor repentina no peito e uma sensação de desamparo sem que nem porque.

Caminhos que procuro evitar.

Há vários caminhos que procuro evitar, pois sei que irão me trazer infelicidade.

O primeiro deles é do excessivo materialismo. Sei que o dinheiro faz diferença quando estamos lutando pelo pão de cada dia. Mas além de um determinado nível, que não é muito, ele deixa de trazer felicidade ou bem-estar.