serenidade Posts

Recuse pensar no que não pode mudar.

Se você pensar mais de três vezes numa coisa que não consegue mudar, acenda a luz vermelha. Se determine a interromper esse círculo vicioso, parar de dar murro em ponta de faca. Se recuse a continuar esse processo.

Coisas que não consigo mudar: o comportamento do meu vizinho, do meu chefe, da minha esposa.

Coisas que consigo mudar: o meu próprio comportamento, os meus pensamentos, o meu julgamento.

Os pensamentos prepotentes de querer mudar a tudo e a todos, pode nos atormentar sem descanso. Temos que recusar a alimentar tais pensamentos, abandonar a prepotência e assumir que não podemos tudo.

Sem alvoroço, deixe a paz te encontrar.

Deixe a serenidade te encontrar, e a paz se estabelecer no ambiente.

Pare de correr por um instante, e deixe que a sua mente e o coração entrem em harmonia.

Hoje pode ser o momento de reflexão, de descanso, de reencontro, de harmonia.

Aproveite a paz que naturalmente se faz presente no dia de hoje. Sinta o desejo de que todos os dias sejam como hoje, uma benção.

Alivie a pressão sobre si mesmo.

A maior pressão que sofremos é aquela que impomos a nós mesmo. Alivie essa pressão, se trate com generosidade e honestidade, aprenda a gostar mais de si próprio.

Abandone os rigores e o perfeccionismo que tem exigido de si mesmo, e aceite os resultados, sem se culpar ou culpar os outros.

Muitas vezes os resultados são aquém do desejável, mas ainda assim são aceitáveis. Aceite a vida como ela é.

Errar e acertar, cair e se levantar é uma condição humana virtuosa, pois é assim que crescemos e nos tornamos pessoas melhores, mas resilientes e generosas.

O perfume da rosa.

Gosto muito de roseiras, e tenho sempre várias no meu jardim.

Quando deparo com uma rosa que desabrochou recente, primeiro aprecio a sua beleza e depois me inclino para sentir o seu aroma. É uma experiência imperdível.

A vida é assim em muitos aspectos. Quando olhamos para a vida com amor e gratidão, ela, certamente, vai lhe revelar o seu melhor.

Lições que vêm na calmaria.

Não precisamos estar em apuros para aprender alguma lição.

Lembra-se daquela frase de cinema: ”vou te dar uma lição”, e dá-lhe pancadaria.

Não precisamos estar sob chuva de tapas e socos para aprender alguma coisa.

Muitas lições vêm na calmaria, quando estamos serenos e tranquilos.

Enquanto isso, faça o seu melhor.

Simplifique a sua vida, mas tenha a disposição de dar o seu melhor, um dia de cada vez.

Como dizia o ator Cary Grant (da época de sua avó): “na minha vida, sigo uma fórmula muito simples, acordo de manhã e quando chega a noite vou dormir, e entre uma coisa e outra, faço o meu melhor”.

A vida poderia ser assim, tão simples – acordar – dormir – fazer o seu melhor.

Faça o bem para alguém hoje. Faça algo de bom para si mesmo. Procure a harmonia no convívio com os outros.

Dê um jeito no medo.

Encare de frente tudo que te amedronta. Dê um jeito nesse medo, e não se deixe dominar.

Imagine que vai se livrar desse medo e pinte um quadro de como seria sem esse medo.

Aprecie esse quadro, e vá na direção dele.

Aprenda a identificar a situação de medo, e justamente na hora que identificar o medo, traga para a sua mente, deliberadamente, imagens positivas associadas ao assunto que está te amedrontando.