serenidade Posts

Coisas muito importantes

Coisas muito importantes

Coisas muito importantes podem estar sendo negligenciadas. Nos preocupamos com tantas miudezas, futilidades e coisas sem importância. Com isso, não nos sobra energia, ou capacidade mental e emocional para lidar com as coisas mais importantes na nossa vida.

Idade e maturidade

Idade e maturidade

Envelhecer é um processo inevitável, mas a maturidade que deve nos acompanhar é essencial.

As duas decepções da vida é perceber que a velhice chegou muito cedo e a sabedoria muito tarde.

Trabalho, dentro de mim, todos os dias para que o discernimento esteja presente nesta fase da vida.

Estudos científicos mostram que a idade nos faz mais prudentes, mais tolerantes e mais felizes. Portanto, aquele que está envelhecendo e não está ganhando estes atributos, deve repensar o que está fazendo de errado.

2 tipos de reclamação: uma só atrapalha e irrita

2 tipos de reclamação: uma só atrapalha e irrita

Às vezes nos passa a impressão de que estamos reclamando demais, levando a vida de maneira muito azeda. Para confirmar, vale a pena fazer esta pergunta a alguém de sua confiança. Isso vai te dar uma noção se você está dando de vítima, se está com uma atitude negativa. Além disso, há dois tipos de reclamação, uma até te ajuda a resolver os problemas, a outra te transforma em uma pessoa pouco querida. 

Leve a vida de maneira bem humorada e madura

Leve a vida de maneira bem humorada e madura

A idade nos traz vantagens e uma delas é a maturidade, e você deve procurar agregar mais vida aos seus anos e não só anos à sua vida.

Aprenda a olhar com humor até para as coisas doloridas do passado. Essa capacidade de sublimar a dor passada é um sinal de amadurecimento das pessoas.

Faça o exercício de contar alguma coisa que foi dolorida quando aconteceu lá no passado, mas com a superação. Hoje, você consegue contar até quase como uma piada.

O humor ajuda a lidar com as coisas tristes.

Se não conseguimos rir das nossas desgraças do passado, é que ainda guardamos amargura com relação ao que passou.

Ficar triste de vez em quando é bom

Ficar triste de vez em quando é bom

Inevitável ficar triste em determinadas circunstâncias. Queremos sempre um ambiente de alegria, só coisas boas nos acontecendo, mas isso não é a realidade para ninguém.

Aceite os momentos tristes, pois a vida não é um mar de rosas. Há momentos que a coisa pega pra valer.

Aceite a tristeza com a confiança de que momentos felizes chegarão. Tudo na vida passa, e os momentos tristes também passarão.

A tristeza é um sentimento genuíno, é o luto por alguma dor que tenha te abatido.

Para aceitar a tristeza é preciso compaixão por si mesmo, afastar qualquer sentimento de vítima, ou pena de si próprio.

Não dê importância a coisas pequenas e pouco importantes

Não dê importância a coisas pequenas e pouco importantes

Avalie sempre a importância que dá às coisas. Temos todos nós uma capacidade de distração incrível, especialmente quando as coisas são negativas. A nossa mente funciona assim, se apegando a coisas que nos incomodam de alguma maneira. Quanto mais tentamos nos livrar de tal pensamento, mais ele gruda na nossa mente.

Damos importância a tantas coisas que na verdade são insignificantes.

O pior é quando nos aborrecemos por coisas miúdas, gastando a nossa energia, paciência e aumentando o nosso estresse.

Já comentei isso numa postagem anterior: tire a cabeça das picuinhas.

Uma postagem antiga de Ali Hale me deu algumas dicas. I worry constantly about lots of little things.

As coisas pequenas continuam na nossa cabeça e tomam o nosso sono, tiram o nosso apetite, quando não nos empurram para a geladeira e o pote de sorvete.

Deus olha por você quando ninguém mais olha

Deus olha por você quando ninguém mais olha

Não raro nos sentimos abandonados em desespero como se tudo que pudesse acontecer de errado viesse a acontecer exatamente com a gente naquele exato momento.

A vida é realmente uma luta sem fim, luta dura, na qual um descanso tem que ser seguido por outro período de determinação, resiliência e dedicação.

Não estamos sós, e especialmente quando nos encontramos em amargura, temos que acreditar, ter fé que vamos encontrar ajuda vinda lá de cima.