seja humilde Posts

A humildade é um sinal de grandeza

A humildade é um sinal de grandeza

Pode parecer estranho quando afirmamos que humildade é sinal de grandeza, pois a humildade é um conceito muito mal compreendido. Ela não nega o valor de si próprio – não é baixa estima.

Também não é modéstia. E não tem nada a ver com a falsa modéstia.

A humildade é verdadeiramente um sinal de grandeza, é dar valor a outras pessoas, se colocando em posição de total igualdade. É reconhecer o valor que cada um tem, desvestindo a vestimenta do status e da posição econômica. É ceder o lugar a outro deixando de lado a sua posição social.

Cultive a humildade

Procure a humildade, e saiba que é um sentimento, uma atitude das mais nobres. Ser humilde não significa se colocar por baixo, se fazer de capacho e deixar que os outros tirem vantagem.

Também não é preciso que a vida te deixe de joelhos para você aprender a ser humilde. Pratique a humildade sempre que possível, na hora adequada e sinta a serenidade e a paz tomar conta de você.

O nosso cotidiano costuma ser hostil para as virtudes humanas, e exercício da humildade pode parecer incompatível com um ambiente de competição, de realizações materiais, acumulo de riqueza e tudo mais.

Menos em você, mas não menos de você.

Já comentei outro dia que humildade não é humilhação.

Pense menos em você, mas nunca menos de você. Seja humilde e coloque os outros em destaque, cuide dos outros, mas sem se descuidar de você mesmo. Não pense menos de você, não se diminua, não se desvalorize, não se coloque por baixo.

É bastante possível exercitar a humildade com nobreza, com compaixão, com misericórdia, sem ser arrogante, ou mesmo se desmerecendo.

Quando olhamos mais pelos outros, exercitamos a generosidade, a afeição, a compaixão, e tudo isso nos coloca para cima, são virtudes que nos nutrem, nos tornam mais fortes, melhores pessoas.

Orgulho temperado com humildade.

Devemos nos orgulhar de tudo que nos diz respeito. Estar vivo já é uma benção, e viver a vida abençoada com tantas graças, é um verdadeiro privilégio.

Nos orgulhamos do país em que vivemos, da família, do próprio nome, da cidade natal e de tantas outras circunstâncias.

Mas temos muito orgulho especialmente das coisas que fazemos, das nossas realizações. Isso é bom e saudável, desde que temperado com humildade.

O orgulho sem humildade desagua na arrogância e prepotência, verdadeiras barreiras ao crescimento pessoal.

Há sempre um ponto de equilíbrio entre gostar de si próprio e ser individualista.

Humildade não é inferioridade.

Temos que cuidar da nossa autoestima, e por vezes temos a ideia equivocada de que humildade é também um estado de inferioridade.

Na verdade, a humildade é um sentimento de grandeza, que permite que se relacione no nível do outro, sem se sentir nem inflado nem diminuído.

Conhecemos as nossas qualidades tanto quanto os nossos defeitos, e reconhecemos o quanto temos que progredir.

Temos ainda uma disposição para seguir no crescimento pessoal, e a humildade, nem de longe, representa uma barreira para isso.

Humildade não significa se humilhar ou se sentir e se fazer pequeno diante das interações com outras pessoas.

Deixe a humildade tomar conta.

Sinta a grandiosidade da vida, e veja o quanto você é pequeno. Deixe a humildade tomar conta nessa hora.

Humildade não tem nada a ver com humilhação, e não devemos nos sentir diminuídos no contato com os outros.

Somos iguais e devemos nos tratar como iguais.

Mas a natureza, a abundância da vida e a benção que é estar vivo para apreciar isso tudo, deve despertar em nós esse sentimento de pequenez.