seja grato Posts

A gratidão é essencial para o seu bem estar

A gratidão é essencial para o seu bem estar

A gratidão é essencial para todos que se preocupam com o bem estar e a felicidade.

É um importante degrau na escada do seu crescimento pessoal.

Tudo que é bom na vida é amplificado quando nós o aceitamos como uma dádiva, uma benção.

Aprendi que ser grato é uma forma de amplificação da felicidade.

Tudo parece melhor quando enumeramos as bênçãos.

Não posso reclamar

Sei que não posso reclamar. A vida tem sido boa, e as portas se abriram quando precisei de alguma abertura.

Oportunidades não brotam como erva daninha, e temos que estar atentos para distinguir quando uma delas aparecem na nossa frente.

Durante o ano, parei por muitas vezes, pensando e me perguntando onde estavam as oportunidades. Elas estavam bem ali, e o melhor de tudo foi percebê-las, e igualmente importante foi poder aproveitá-las com mãos agradecidas.

A emoção da gratidão.

O que é a emoção da gratidão?Não se sinta desencorajado quando o ambiente é de pessoas duronas que insistem em considerar que as pessoas não fazem mais do que a obrigação. Agradeça, dê exemplo e tente instilar um pouco dessa emoção maravilhosa que é se sentir grato e expressar a gratidão.

Diz a autora Melody Beattie que a gratidão dá sentido ao nosso passado, traz paz ao nosso presente e cria uma visão para o amanhã.

Não seria a gratidão uma ponte para essa jornada, que por vezes nos deixa de joelhos, mas na maioria das ocasiões, nos faz sentir grato simplesmente por estar vivos, saboreando desse exato momento.

As frutas no galho baixo.

Quando passamos a prestar atenção na abundância da vida, a primeira coisa que deveria chamar a nossa atenção, é o que chamamos de frutas do galho baixo. Aquilo que não precisamos qualquer esforço para colher e desfrutar.

É o bem estar momentâneo, a satisfação de ter a companhia de alguém, uma refeição deliciosa. É a natureza no canto do pássaro ao longe, a flor que acaba de desabrochar. Uma coisa mínima pode passar despercebida como a música de sua preferência tocando no ambiente.

Quando falamos de apreciar a vida nas pequenas coisas do cotidiano, significa simplesmente colher as frutas do galho baixo.

Se encontre ajudando os outros.

Muitas pessoas relatam que se encontraram ajudando outras pessoas, e Gandhi sempre reforçou isso.

No cotidiano da correria, e insatisfação crônica, devemos procurar a si mesmo nas ações generosas e altruístas.

Não é preciso se deslocar ou tirar o dia de folga para fazer isso. Basta atentar para as oportunidades de ajudar os outros em meio à rotina diária.

Estamos tão ocupados que não damos atenção às pessoas, e às suas necessidades.

Alegre o outro e você também vai encontrar alegria.

As bênçãos que recebi.

Aprendi a enxergar com mais honestidade as bênçãos que recebi.

As coisas negativas tendem a nos marcar mais que as coisas positivas, e por esse motivo, temos que fazer um esforço para que o balanço da vida ganhe um equilíbrio adequado.

Mesmo quando recebemos mais do que ganhamos, temos uma tendência de achar que a vida nos deve algo, que ficamos no prejuízo. Isso não é verdade, e qualquer um é capaz de fazer esse exercício.

Veja até onde você chegou, e relacione a ajuda que recebeu até aqui.

Relembre cada momento em que se sentiu desamparado e a ajuda chegou de repente.

Aprecio o que recebo.

Tenho recebido muito, aprecio e sou grato por tudo.

Amigos sempre estiveram comigo, na ajuda, no apoio, e para a vida de maneira geral, aprendi a receber com mãos agradecidas.

Há momentos que precisamos de conselho, uma luz para as decisões difíceis que estamos por tomar.

Em outros momentos, precisamos de serenidade e paz, e mais do que isso, aquela sensação de segurança espiritual. O sentido de que não estamos abandonados à sorte, e podemos contar com Ele.

O caminho é tortuoso, e isso nem é bom ou ruim por si só, pois cada curva pode nos reservar uma adversidade, uma lição, e uma realização.