Se valorize Posts

Vença a dúvida.

Vença a dúvida que você tem sobre si mesmo e que limita os seus projetos pessoais.

Reflita sobre o que pensa a seu respeito, desconstrua cada dúvida. Procure as evidências e as certezas e faça com que o resultado seja uma nova imagem de si mesmo.

O nosso caminho é repleto de dificuldades, e não é difícil nos flagrarmos duvidando da nossa capacidade.

Afinal, deixamos de lograr êxito em muitas das nossas empreitadas, e a análise que fazemos sobre os fracassos podem passear por duvidas sobre si mesmo.

Muitas dúvidas, culpas e arrependimentos nos levam à estagnação, e temos que evitar esse estado.

Aprendi a me valorizar.

Me faz muito mal, mas é inevitável fazer algumas comparações com os outros.

Junto com as comparações, facilmente vem a auto depreciação. A atitude de se imaginar por baixo, desvalorizado.

Nesses casos, vale sempre a recomendação de evitar comparações, mas também a valorização de si próprio.

Não sou vítima de ninguém.

Nunca devo me colocar como vítima de ninguém.

Tampouco devo me culpar por coisas que acontecem de errado todo dia. Não há como acertar em tudo, sempre há coisas que saem diferente do esperado, e fora do nosso controle.

A vida é uma luta, e por vezes pode querer nos derrotar, e podemos até achar que é uma luta desleal, mas se fazer de vítima não vai ajudar em nada.

Quem não tem problemas, certamente não é desse mundo, e quem tem problemas deve saber que isso é própria da condição humana.

Punir a mim mesmo.

Tenho que pegar leve comigo mesmo.

Muita crítica denota uma mania de perfeição que não leva a nada, aliás, é uma fonte permanente de estresse.

Quando sentir que estou me punindo mentalmente, com as cobranças excessivas batendo como sino na minha cabeça, eu devo acender o sinal amarelo, que sabe o vermelho.

Essa penitência tem alguma razão concreta? Estou sendo cobrado no trabalho? O relacionamento familiar está exigindo muito de mim? Há alguém em particular me impondo tal cobrança?

Se é que gosto de mim, tenho que fazer alguma coisa. Eu tenho que procurar sentido nessa autopunição.

No último lugar por tempo demais.

Cuidando dos outros.

Cuidando da vida dos outros.

Se colocando em último lugar na lista de prioridades.

Acabamos esquecendo quem somos.

Esquecemos os nossos sonhos, preferências, e mesmo angústias e dores.

Ser dura consigo mesma.

Não seja dura consigo mesma naquelas coisas que estão fora do seu alcance.

Quando é algo que esteja sob a sua responsabilidade e você tenha algum controle, cabe ser crítica, até para que você possa melhorar. Mas quando o assunto foge ao seu controle, é uma perda de tempo ficar rodando na mente aquele aplicativo de crítica de si mesmo.

Vai entrar em parafuso, especialmente porque não há nada a fazer.

Brigando consigo mesmo.

Você já se pegou brigando consigo mesmo?

Pare com essa discussão interna excessiva e inadequada.

Dê um crédito a si mesmo.

Acredito na sua capacidade. Você consegue.