saudades Posts

Nostalgia  – a dorzinha que vem do passado

Nostalgia – a dorzinha que vem do passado

Vez ou outra sentimos uma nostalgia – a dorzinha que vem do passado. Aquela pequena pontada no coração quando lembramos de algo, de alguém ou de nós mesmos em alguma situação do passado.

A lembrança de que vivemos

A nostalgia é também a lembrança de que vivemos, de que vivenciamos experiências agradáveis, alegres e construtivas. Ela afasta o arrependimento, a culpa e a sensação de vazio.

Não sei se é o fato de estar completando 67 anos exatamente hoje, tenho visitado a minha memória do passado e sentido uma inevitável nostalgia. Meus pais que já partiram e amigos do peito que deixaram a nossa companhia muito cedo.

Gratidão

O sentimento de gratidão por tudo que já vivemos é o verdadeiro antídoto para evitar que a nostalgia se transforme em algo negativo, e que nos puxe para baixo.

Sinta gratidão por ter conhecido a pessoa que já partiu.

Dirija a gratidão para todas as situações agradáveis do passado.

Sinta-se abençoado por ter vivido uma vida boa e produtiva até então.

Olhar positivo para o futuro

A despeito de tudo que tenha acontecido conosco no passado, temos que ter em mente que o futuro é melhor que qualquer passado. É importante ter em mente que vamos experimentar coisas muitos boas nos anos que seguem, nas empreitadas que vêm pela frente.

Acredite num futuro melhor, coisas boas acontecendo, planos se concretizando.

Você sabe que vai conhecer pessoas fantásticas, vivenciar situações imperdíveis – assim é o futuro.

Saudades

Utilizo um recurso para tratar a saudade que tenho das pessoas que partiram. É claro que a partida traz um gosto amargo na boa, e para isso temos que, imediatamente, trazer pelo menos 3 pensamentos bons sobre a pessoa que já partiu. Pense nos momentos bons que tiveram juntos, coisas que construíram, pessoas que ajudaram, lições que aprenderam, e assim por diante.

Rubens Sakay