preocupações Posts

A preocupação que faz sentido

A preocupação que faz sentido

Sugiro que você se concentre na preocupação que faz sentido. Nós todos temos a capacidade de alimentar a nossa mente com uma enxurrada de preocupações que não fazem qualquer sentido.

Temos uma mania de catastrofizar a nossa vida, imaginar as piores coisas acontecendo, não só para nós mas também para os outros.

É como se o fim do mundo estivesse próximo.

Nada disso faz sentido.

O mundo está melhorando, os problemas críticos estão sendo atacados,  e devemos acreditar, mesmo que o noticiário aponte o contrário.

Como sempre afirmo, as notícias que são veiculadas são as piores.

If it bleeds, it leads – se sangrar, vai pegar, é o ditado que regra o mundo do noticiário.

E do ponto de vista pessoal, analise se a sua vida não está melhorando?

Faça um juízo das coisas ruins que imaginou que ia acontecer contigo e não aconteceram.

Olhe para a própria vida com um olhar positivo.

Você está vivo, e muito embora as preocupações te atormentem no presente, o futuro será melhor. Acredite em si mesmo e olhe para a frente imaginando muitas possibilidades que podem se concretizar.

Imaginando um futuro sombrio

Imaginando um futuro sombrio

Temos sim uma capacidade incrível de imaginar cenários tenebrosos sobre o nosso futuro.

Uma das coisas que impede que sejamos felizes agora, neste exato momento, é a mente tomada por um quadro sombrio que nós mesmos pintamos do caminho à nossa frente.

Enxergamos o presente, relembramos o passado e imaginamos o futuro.

Na verdade, enxergamos de maneira enviesada o presente. Relembramos com imprecisão o passado, e pintamos um quadro fantasioso e muitas vezes catastrófico daquilo que vamos enfrentar.

Não dê importância a coisas pequenas e pouco importantes

Não dê importância a coisas pequenas e pouco importantes

Avalie sempre a importância que dá às coisas. Temos todos nós uma capacidade de distração incrível, especialmente quando as coisas são negativas. A nossa mente funciona assim, se apegando a coisas que nos incomodam de alguma maneira. Quanto mais tentamos nos livrar de tal pensamento, mais ele gruda na nossa mente.

Damos importância a tantas coisas que na verdade são insignificantes.

O pior é quando nos aborrecemos por coisas miúdas, gastando a nossa energia, paciência e aumentando o nosso estresse.

Já comentei isso numa postagem anterior: tire a cabeça das picuinhas.

Uma postagem antiga de Ali Hale me deu algumas dicas. I worry constantly about lots of little things.

As coisas pequenas continuam na nossa cabeça e tomam o nosso sono, tiram o nosso apetite, quando não nos empurram para a geladeira e o pote de sorvete.

9 sinais de que você precisa de menos preocupação e mais ocupação

9 sinais de que você precisa de menos preocupação e mais ocupação

Menos preocupação e mais ocupação. Pare de se preocupar com aquilo que não vai acontecer. Não deixe pequenas questões ocuparem muito espaço na sua mente. A mente solta tem a capacidade de vagar por um mar de preocupações sem fundamento, sem razão aparente.

Ficamos excessivamente preocupados com os problemas do amanhã. É possível que os problemas não venham, e se por acaso vierem, a preocupação não vai nos deixar melhor preparados para enfrentá-los.

Uma coisa é certa, a preocupação nos enfraquece para lidarmos com aquilo que vivemos hoje. Além disso, deixamos de usufruir a vida no hoje. Enquanto vagamos por problemas hipotéticos do amanhã, deixamos de saborear a realidade bela e inegável do hoje.

Sob o domínio do medo

Sentimos medo por tanta coisa que nem faz sentido. O mundo não está à beira de uma catástrofe, e toda desgraça que te aflige não vai te acontecer.

O temor de ameaças é natural, mas quando este surge, dispara todo um conjunto de reações e sentimentos, alguns inadequados.

Aprenda a lidar com esse impulso, mantendo a tranqüilidade suficiente para tomar as decisões corretas, afastando pensamentos inúteis e danosos.

O futuro sombrio que pode não chegar.

Se empenhe para um futuro melhor, e aproveite a vida agora mesmo. Quando ficamos excessivamente preocupados com a tempestade que pode chegar, deixamos de apreciar o dia ensolarado e formoso que faz hoje.

Aproveite a vida já, e tire o olhar daquelas nuvens sombrias lá no horizonte, elas podem muito bem se desviar do seu caminho.

Pense por um minuto – quantas coisas ruins que você imaginou, não passaram nem perto da sua vida.

Um dia de cada vez.

Eu tenho que dar conta do recado.

Tenho que assumir a responsabilidade sobre a minha vida.

Os problemas são muitos, mas tenho que ter a capacidade de resolvê-los.

Não posso reclamar da minha cruz, nem posso fugir dos problemas.

Mas acima de tudo, tenho que viver um dia de cada vez.