pense o bem Posts

Pense e deseje sempre o bem de outras pessoas

Pense e deseje sempre o bem de outras pessoas

Temos que desejar o bem para todas as pessoas, mesmo que não seja do nosso convívio, mesmo que sejam desconhecidas para você.

Desejar o bem para as outras pessoas reflete assim como num espelho, nas coisas que acontecem contigo também.

Quando você se vê como parte dessa bela paisagem que é o mundo, começa a perceber as coisas boas se encaixando perfeitamente na sua vida.

Já comentei numa outra postagem sobre dizer à outra pessoa: fique bem.

O que há de errado?

Quando estamos por baixo, e quando sofremos um revés, parece que tudo virou de ponta cabeça.

Tudo que estava certo parece que ficou errado. É um viés que temos que corrigir.

Pare de jogar o jogo dos 7 erros e passe a praticar o jogo dos 7 acertos.

Procure as coisas que estão certas, as iniciativas que estão caminhando e os frutos que já vem colhendo.

Pare de focalizar apenas nas coisas negativas.

As armadilhas do pensamento.

Somos pegos diariamente nas armadilhas do pensamento, que nos empurram para caminhos tortuosos, improdutivos e negativos.

Muito rapidamente nos metemos a julgar os outros, pensar mal, e ensaiar uma crítica.

Comparamos uns com os outros, pois temos sempre alguém que representa o nosso modelo de perfeição, quando não somos nós mesmos esse totem da perfeição.

Culpamos, invejamos, desejamos mal para os outros, e nem notamos quando estamos caindo como um coelhinho incauto Se conseguirmos perceber que estamos sendo vítima desse mal, desse defeito, podemos agir rapidamente para cair fora.

A energia benevolente.

É a energia da bondade, do amor, da generosidade.

Há momentos que estamos necessitados. Estamos tão lá pra baixo que precisamos ser atingidos por algum ato de generosidade.

Também há momentos que pensamos estar bem, fortalecidos e julgamos que podemos desprezar uma energia benevolente.

Devemos estar atentos para a energia benevolente que brota das pessoas todo momento, em todos os lugares.

Não fale mal dos outros.

O que ganho com isso?

Com as fofocas, estamos nos alimentando do nosso próprio veneno.

Ficar desqualificando os outros não te qualifica a nada, aliás, vai denegrir a sua própria imagem.

Isso é uma completa perda de tempo.

Quanto mais falamos mal das pessoas, menos gostamos delas.