paz Posts

Primeira hora do dia

Primeira hora do dia

Na primeira hora do dia, a sua vida pede para ser retomada. Nada começou ainda, nenhum compromisso, nenhuma reunião, apenas a sua boa vontade e disposição para começar bem.

Adote práticas poderosas que possam se tornar um hábito super saudável e transforme a sua vida para sempre.

Exercício físico:

Algumas pessoas gostam de deixar o exercício para o final do dia, o que acho uma péssima estratégia, pois o organismo já está cansado, estressado, e a conjugação corpo e mente estão bastante prejudicados.

Adote uma prática de se exercitar logo de manhã, com o dia fresco, a mente livre e leve, e o corpo clamando por movimento. Faça, mesmo que seja pouco, e saiba que um pouco é sempre melhor que nada.

 

Mente:

Aprenda sobre a meditação, e se conseguir, faça pela manhã, e vai colocar a sua mente mais preparada para a correria que vem em seguida. Uma meditação pela manhã, vai evitar que você se perca e se desgaste com tanto estresse da correria moderna.

Nutrição:

Procure se alimentar adequadamente pela manhã. A primeira refeição é importante pois o corpo ficou muito tempo sem se alimentar. Não coma muita besteira, na correria, sem tempo para degustar e saborear o que tem na mesa.

Relacionamento:

Aproveite a calmaria da manhã, e evite trazer a pressa quando não há tanta pressa.

Você pode ficar o dia todo longe da família, e por isso, não desperdice o momento junto dos entes queridos. Trate bem, ajude, esteja perto, junto do coração.

Planejamento:

Faça um mínimo planejamento do seu dia, evitando sair na correria meio sem saber o que fazer primeiro.

Faça primeiro o que vem primeiro na sua lista e assim por diante.

Um mente atordoada e uma agenda atropelada pode ser falta de um mínimo planejamento.

Cuide de si:

Não perca tempo com besteiras e procure cuidar mais de si mesmo.

Ame a si mesmo, se cuide e seja generoso consigo mesmo.

Fique bem.

Rubens Sakay (Beco)

Procure a paz interior

Procure a paz interior

Procure a paz interior. Faça disso um exercício para toda vida.

A paz interior pode ser encontrada se olharmos para dentro de si próprio.

E quando fizer isso, não tenha medo de não gostar do que vê. Você pode mudar – você pode melhorar.

Deseje o seu bem

Deseje o seu bem

Sabemos do bem que nos faz desejar o bem dos outros, mas faça hoje um exercício especial, deseje o seu bem.

É a prática da Metta Meditation, a meditação da bondade amorosa, quando você se coloca em uma atitude serena, em paz e concentra a sua emoção e seu pensamento no amor e na bondade.

Não seja um imã da raiva

Não seja um imã da raiva

Não a deixe a raiva tomar conta com qualquer coisa errada que te aconteça.

Raiva atrai a raiva, e esse efeito imã é uma armadilha.

A natureza humana está pronta para lutar ou fugir das ameaças que nos acontecem.

Ficamos raivosos com tudo que acontece de errado à nossa volta. Alguém ofende um amigo e ficamos com raiva. Um cliente é maltratado no supermercado e isso provoca um efeito negativo em nós mesmos.

Deus olha por você quando ninguém mais olha

Deus olha por você quando ninguém mais olha

Não raro nos sentimos abandonados em desespero como se tudo que pudesse acontecer de errado viesse a acontecer exatamente com a gente naquele exato momento.

A vida é realmente uma luta sem fim, luta dura, na qual um descanso tem que ser seguido por outro período de determinação, resiliência e dedicação.

Não estamos sós, e especialmente quando nos encontramos em amargura, temos que acreditar, ter fé que vamos encontrar ajuda vinda lá de cima.

O caminho da harmonia e da paz

Queremos paz e harmonia, mas nem sempre o convívio com os outros segue esse diapasão.

Olhe com atenção como andam seus relacionamentos e especialmente os conflitos. Baixe o tom. Busque uma solução pacífica para as desavenças.

Quando pensamos nisso, vêm logo na cabeça os exemplos de Gandhi, Dalai Lama, Martin Luther King, e vale a pena inspirarmo-nos neles e em outros tantos para a nossa vida cotidiana.

Fique bem consigo mesmo

Fique bem consigo mesmo

Fique bem consigo mesmo. Estar sozinho pode ser um desconforto, mas estar só, de bem consigo mesmo é um luxo que todos podem desfrutar.

Cabe distinguir a solidão, involuntária e negativa, da solitude, voluntária e resolvida.

Às vezes gostamos de ficar sós, se empenhar em atividades solitárias, como a leitura, arte ou trabalhos intelectuais diversos.