passado Posts

Deixe o passado em paz

Deixe o passado em paz

Aceite o seu passado, fique em paz com ele, e permita que as lições sejam aprendidas.

O passado é imutável, mas a sua atitude em relação ao ocorrido pode ser repensado. Não sinta vergonha nem arrependimento de nada do passado, isso não vai mudar o passado e não vai melhorar o seu futuro.

Aceite o seu passado e siga em frente.

Não fique pensando que algo poderia não ter ocorrido. Não deseje voltar o tempo e mudar tudo. Não fique brigando com o passado.

Em paz com o passado

Em paz com o passado

Aceite o seu passado, e pare de brigar com ele como se ele fosse o culpado por tudo que você vive hoje.

O passado é imutável, mas a sua atitude em relação ao ocorrido pode ser repensado. Não sinta vergonha nem arrependimento de nada do que viveu, isso não vai mudar o passado e não vai melhorar o seu futuro.

Aceite a sua vida em tudo que passou e siga em frente, e não deixe que ele funcione como uma pedra amarrada ao seu calcanhar.

Não fique pensando que algo poderia não ter ocorrido. Não deseje voltar o tempo e mudar tudo. Não fique em conflito constante com o seu passado, pois ele é parte da sua vida, e aceitá-lo e aceitar a si mesmo.

Removendo algumas manchas do passado

Removendo algumas manchas do passado

Pelo menos na sua consciência, é possível eliminar algumas manchas de coisas do passado.

Pedir desculpas por uma ocasião em que você magoou alguém pode aliviar um desconforto que você vinha sentindo em relação a essa pessoa.

Ajudar alguém a quem você recusou ajuda no passado pode trabalhar um pouco o seu arrependimento.

Consertar o que ficou errado.

Podemos reparar muita coisa do passado, sem mudar o passado.

É preciso coragem, honestidade e determinação para fazer os reparos, especialmente consigo mesmo.

Reparar com os outros, embora uma ideia simples, se torna difícil quando nos enchemos de orgulho, culpa e ressentimentos.

É difícil se desculpar.

Deixamos passar algumas coisas mal arrumadas, e acabamos nos sobrecarregando, pois tudo fica armazenado na nossa mente, e acaba virando uma fonte de estresse.

Sorria para o seu passado.

Não devemos olhar para o passado com amargura, mesmo para os eventos que nos machucaram.

Quando olhar para o passado, sorria e faça as pazes.

Quando escolhemos fazer as pazes com o nosso passado, optamos por nos perdoar, olhar com compaixão para aquele indivíduo imaturo e inexperiente lá de traz.

O poder de nos perdoar é algo que não devemos desprezar, jogar no lixo. Temos que usar esse poder agora mesmo.

Não tenho que me sentir culpado.

Sei que não que me sentir culpado por tudo que acontece.

Quando olhamos para os nossos erros do passado, temos uma tendência natural, mas equivocada, de julgar a si mesmo com enquadre e a perspectiva atual.

Somos hoje, diferentes do que éramos no passado quando eventualmente falhamos ou não fomos capazes de dar o melhor encaminhamento aos problemas da época.

Escreveu Paulo Coelho para o G1 em 21 de maio de 2013:

Não piore o seu passado.

Já sabemos que temos que desistir de ter um passado melhor, e escrevi uma postagem sobre isso há algum tempo.

Mas aprendi que podemos, se não tomarmos cuidado, piorar as experiências negativas do passado.

Podemos também azedar as coisas boas que ocorreram no passado.

Como isso acontece?