parta para a ação Posts

Estou convencido

Nada acontece por acaso, e nada bem de bandeja. Se ficar esperando sentado, nem a maçã vai cair na minha cabeça.

Aprendi que vem de graça, e as melhores coisas chegam depois de muito esforço e dedicação.

A minha vida tem sido de luta, e muitos esforços e anos de perseverança terminaram em nada, pelo menos até o momento. Mas isso não me desanima, pois sei que o esforço tem chance de conduzir a resultados, e esforço nenhum tem chance nula de produzir qualquer coisa.

Não ignore os problemas.

Muitos dos nossos problemas acontecem justamente porque ignoramos os problemas.

Fazemos vistas grossas, negligenciamos, e até fazemos um esforço para ignorar os problemas. Agimos como se isso bastasse para que eles fossem magicamente resolvidos.

É certo que não queremos problemas, mas ignorá-los ou procrastinar não é uma opção inteligente.

As contas a serem pagas não se resolvem por si.

Os conflitos de relacionamentos e as confusões que criamos não se resolvem por si.

Foco no positivo pode não ser o bastante.

Quando as coisas não dão certo, temos que focar os pontos positivos, não desanimar, mas isso pode não ser o bastante.

Temos que lutar diligentemente para reduzir os pontos negativos. Temos que trabalhar para aumentar os pontos positivos. E há uns tantos pontos que precisam ser transformados, pois não são nem positivos nem negativos na essência.

O pensamento positivo pode ajudar, e acredito que a mente fica mesmo sintonizada para o bem, mas é preciso eliminar as coisas que nos incomoda, fazer a nossa parte, partir para a ação, atacando aqueles pontos que estão em evidência, estão na nossa cara.

Todo mundo já enfrentou situações semelhantes, por exemplo, se dar conta que o endividamento está nos afogando. Não há muito o que pensar, é cortar gastos drasticamente, renegociar as dívidas, se desfazer de algumas coisas, fazer caixa e sair da crise.

Faça o que tem que ser feito.

Não fique pensando todo tempo se deve ou não deve fazer uma determinada coisa, pois a procrastinação começa assim.

Enquanto pensamos e ponderamos sobre a nossa ação, acabamos por empurrar com a barriga.

Simplesmente faça o que tem que ser feito.

Por vezes ponderamos muito sobre realizar uma tarefa simples, quando na verdade deveríamos fazer e pronto.

Isso vale para lavar o próprio prato depois da refeição, arrumar a gaveta do armário, colocar os livros no lugar, deixar o carro em ordem, e assim por diante.

O fracasso da imobilização.

Temos que vencer a inanição, a imobilização, a paralisação diante das adversidades.

Podemos ficar perplexos com as barreiras que aparecem na nossa frente, mas não devemos nos amedrontar nem nos acovardar.

Temos que enfrentar as dificuldades de cabeça erguida, pois o maior fracasso é não fazer nada, ficar imobilizado.

Algum caminho, alguma solução tem que aparecer na nossa mente.

Esperando as coisas mudarem.

Podemos ficar indefinidamente esperando as coisas mudarem. O péssimo costume de procrastinar, empurrar com a barriga.

Isso traz um resultado ruim para nós mesmos.

As coisas não andam, a vida fica parada, os problemas não são resolvidos, simplesmente porque estamos esperando as coisas mudarem por si só.

Temos que deixar de lado essa atitude passiva e conformada, assumindo a responsabilidade pela própria vida.