pare de se comparar Posts

Contar vantagens desperta pelo menos 2 sentimentos perversos

Contar vantagens desperta pelo menos 2 sentimentos perversos

Normalmente quando contamos vantagens é porque queremos olhar as pessoas com ar de superioridade.

Queremos nos colocar por cima, e fazemos uso de comentários vazios, arrogantes que provocam um mal-estar e realmente deixam os outros reduzidos. Prejudicam muito os relacionamentos e deixam um rastro de arrogância e prepotência.

É como se jogássemos ovos na própria vidraça, sujando a nossa própria imagem ao contar vantagens.

Quem conta vantagem é porque está se comparando constantemente com os outros, o que por si só já é um obstáculo à felicidade como tenho comentado em minhas postagens.

Parece um contrassenso, mas quando contamos vantagens, nos sentimos diminuídos. Que trabalho inútil – quanto mais contamos vantagem, no fundo, menor nos sentimos.

Muita comparação, muita insatisfação.

Não há como evitar as comparações. Tudo que vemos nos outros acaba por desaguar em alguma comparação com aquilo que nós próprios possuímos. É uma fonte permanente de insatisfação e infelicidade.

Como você se sente consigo mesmo não deveria ser dependente daquilo que outros pensam ou possuem.

Assuma você mesmo a responsabilidade sobre a sua felicidade, e corte esse umbilical com os outros.

Foque mais naquilo que você é e possui.