não se irrite facilmente Posts

Perguntas que vão dizer se vale a pena ter uma reação explosiva

Perguntas que vão dizer se vale a pena ter uma reação explosiva

Às vezes, reagimos de modo desproporcional, isso nos complica e nos leva a arrependimentos.

Revidamos com muita força algo que na verdade nos ofende de passagem.

Aprenda a equilibrar suas reações, verifique se elas não estão sendo desproporcionais.

Permita que os seus sentimentos te conduzam, mas não que te dominem por inteiro.

Quando estamos no modo de reação pura, estamos conectados a uma fonte inteira de estresse. Estamos rodando o nosso organismo numa rotação além do adequado e pode fazer mal à saúde.

A valiosa paciência

A valiosa paciência

Exercite a paciência e espere a hora chegar – não se precipite. O tempo é um santo remédio – deixa as feridas se fecharem – deixa os corações amolecerem. Tenha o tempo como um amigo.

Quando estamos angustiados com algum problema que demanda uma decisão complicada, ouvimos sempre uma estratégia que costuma funcionar. Deixe o problema dormir uma noite. Deixe o tempo dar conta de algumas coisas por si só.

No meio da tempestade, a poeira generalizada não permite que enxerguemos o horizonte, e às vezes não sabemos nem por onde começar.

Gretchen Rubin comenta sobre um ensinamento que teve de sua mãe que dizia – vá com calma, especialmente quando está com pressa.

Não se ofenda rapidamente.

Evite que as ofensas te afetem rapidamente. Não deixe a temperatura da água se elevar de repente.

Estabeleça um retardo entre a suposta ofensa e a sua indignação. Não se deixe impactar, sem que um espaço de tempo sirva de colchão, amortecendo o estrago emocional.

Com um pouco de retardo, o perdão pode entrar em cena e tornar esse evento insignificante.

Até que ponto isso tem importância? Qual a importância que isso vai ter daqui a uma semana, um mês.

A causa da irritação.

Muitas vezes sequer sabemos a causa da irritação. Nem sabemos realmente como isso começou.

Somos seres muito complexos, e não raro, ação e reação, causa e efeito não estão contíguos, não estão próximos e facilmente perceptíveis.

Toda vez que nos sentimos grande irritação, e principalmente quando essa irritação é crônica sem motivo específico, temos que fazer uma incursão serena ao campo dos sentimentos, emoções e eventos. E ali, procurar a causa principal desse processo tão destrutivo.