não se critique tanto Posts

A capacidade para julgar.

Temos uma capacidade para julgar os outros que é acionada imediatamente.

Podemos acreditar que somos rigorosos com os outros e complacentes consigo mesmo, mas isso é uma ilusão.

Ao nos perceber julgando os outros, rotulando-os como preguiçosos, incompetentes, temos que saber que podemos e fazemos o mesmo consigo mesmo.

A nossa capacidade de julgar é implacável também quando olhamos para si próprio, e esta é uma das razões para tanta auto sabotagem.

Assim como inventamos limitações fictícias para os outros, criamos limitações reais para nós próprios.

Quero parar de me censurar.

Porque será que me critico tanto?

Quero abrandar a minha autocrítica e me liberar mais para as coisas que penso, desejo e quero fazer.

Sei que há oportunidades por trás dos problemas, mas precisa calar um pouco essa voz interna crítica e intensa.

Quando deixamos a autocrítica dominar, as boas ideias e soluções são eliminadas no nascedouro. Nem bem começamos a atinar sobre elas e elas desaparecem.