não reclame do que está fora do seu controle Posts

Pare de reclamar das coisas que você não tem controle.

Jonathan Mead escreveu para o ZenHabits: se queremos ser felizes, porque agimos como bebês chorões?

Porque reclamamos todo tempo sobre coisas que não temos qualquer controle?

Mead tem apenas duas recomendações:

1-Estabeleça como prioridade ter consciência das vezes que você reclama, e isso inclui o julgamento que faz dos outros.

2-Analise se você está reclamando de coisas que estão totalmente fora do seu controle – o clima, o tempo, a natureza, se está frio, se está quente, se o tempo não é suficiente. Verifique se há algo que você possa fazer a respeito, ou se está fora do seu controle. 

Muitas coisas acontecem na nossa vida de forma diferente do nosso desejo. Muitos fatores interferem nos resultados, e grande parte deles está fora do nosso alcance.

Não realizamos nada sozinhos, e aquilo que outros fazem, depende da atitude, pensamento, comportamento e capacidade de cada um. Podemos planejar, prever, mas não podemos assegurar que as pessoas irão se comportar de acordo com o nosso desejo.

Sabemos disso tudo, é claro, mas não podemos evitar a nossa decepção quando os resultados nos frustram, e a tentação para sair reclamando e culpando os outros é muito forte.

Isso é improdutivo, prejudica os nossos relacionamentos e de quebra faz mal à nossa saúde e bem estar.

 Mas não há porque ficar neurótico a respeito disso. Um pouco de reclamação é natural para todo mundo.

Quando os amigos começam a fazer comentários sobre o seu comportamento: ”você reclama demais!” – isso deve acender uma luz amarela para você.

Na raiz das reclamações excessivas, está a prepotência.

O mundo tem que ser ao meu modo.

As pessoas devem agir e se comportar conforme o meu desejo.

As minhas idéias são as corretas.

O meu julgamento é o correto.

Mudar a si próprio é sem dúvida aquilo que está ao seu alcance.

Mudar a sua atitude frente à realidade é um grande passo para mudar a realidade para você.

As reclamações são grande parte da confusão mental que fazemos nas nossas cabeças. Um pouco de serenidade e aceitação fazem com que muitos problemas adquiram sua verdadeira dimensão, o que torna esse elenco de reclamações, palavras no vazio, desnecessárias.

 A oração da serenidade é sempre uma luz para o caso das reclamações, e fazer uma lista das duas categorias – a) eu controlo – b) eu não tenho qualquer controle – certamente ajuda muito.

Um pouco de altruísmo e generosidade sempre ajudam a ver o mundo com um novo olhar.

Experimente.