não negue os problemas Posts

A barreira da negação.

A negação me deixa de mãos atadas, pois não posso lutar contra algo que não reconheço como verdadeiro.

Em muitos casos, como nos ensinou a médica Elisabeth Kübler-Ross, começamos com a negação, e temos que vencer essa etapa para começar a agir e resolver os nossos problemas.

Enquanto estou na negação, é como se uma parede se colocasse entre mim e a imagem do problema, não há como enxergar, e aquilo que não enxergo, não posso resolver.

A negação é um processo natural do ser humano, e é ela que dá um tempo para que nos preparemos emocionalmente para alguma coisa negativa e pesada, e todos nós estamos sujeitos a isso em algum momento do nosso trajeto.

Não negue os problemas.

Todos nós temos problemas, e aí está o nosso crescimento. Podemos aprender com eles, evoluir e crescer fazendo de cada problema um degrau para o nosso crescimento pessoal.

Não negue os problemas.

Aceitação é fundamental, e embora possa parecer estranho quando aceitamos, estamos mais próximos de resolvê-los.

A aceitação não quer dizer apatia e resignação.

Tampouco que dizer fugir ou desistir.

A aceitação é também  enfrentar, encarar de frente.

A aceitação tem a ver a com a humildade frente ao mundo e as coisas. Aceitar que muita coisa foge ao nosso controle e não está ao sabor da nossa vontade e das nossas escolhas.

Quando usamos bem a nossa energia, conseguimos passar por eles, sobrepujá-los.

Resistir também não é bom, precisamos aceitar com serenidade.

Quando aceitamos os problemas, conseguimos descrevê-los nos detalhes, conseguimos analisá-los com traquilidade, e é isso que nos permite resolvê-los.

Todo processo de solução de problemas que aprendemos passa pela busca das causas fundamentais, identificação dos envolvidos, quais os desdobramentos – tudo isso fica esquecido quando partimos para a luta sem a aceitação e a serenidade.

A aceitação interrompe o processo de drenagem da nossa energia, e essa energia vai ser fundamental para resolvê-los.

Enquanto não aceitamos os problemas, ficamos gastando toda a nossa energia negando, se revoltando, se culpando e culpando os outros, e tudo isso não vai resolver.

Quando tentamos controlar o problema sem sequer aceitá-lo, acabamos dando chance para que ele nos controle, pois estamos na defensiva e não fazemos nada para que ele diminua ou se resolva.

A aceitação permite um distanciamento do problema, para olhá-lo de uma ótica adequada, emocionalmente desligada, ainda que mentalmente compenetrada.

Quando damos uma de vítima, nos sentimos fracos e abandonados, pois a energia foi toda embora.

Não negar os problemas, aceitá-los, nos enche de coragem para enfrentá-los de frente.

Quando tentamos enfrentar os problemas com uma raiva e uma reação emocional, é sinal que não aceitamos, e o resultado pode ser desastroso.

Beco