não dê boot nas pessoas Posts

Se desligue com responsabilidade.

Depois que você fez tudo o que devia, deixe a coisa acontecer. Não fique matutando excessivamente se vai dar certo, se vai acontecer. Faça a sua parte e relaxe.

Não quer dizer em absoluto largar o corpo.

Aja com um desligamento responsável.

Depois de tudo feito, acredite que vai dar certo, deixe acontecer e enquanto isso, se dedique a alguma coisa agradável. Tome um sorvete, coma um chocolate, ouça uma música. Faça uma viagem. Visite um amigo. Leia um livro.

As coisas levam tempo para acontecer. Não é porque você quer que o mundo vai rodar mais rápido, e ainda que isso fosse possível, você não gostaria do resultado.

A vida está aí para ser desfrutada com vagar.

Ninguém quer uma vida ultra bem sucedida e corrida que se acaba aos 30 anos.

Se desligar não quer dizer não cuidar.

Se desligar não quer dizer largar e abandonar.

Se desligar não quer dizer indiferença.

Quando nos desligamos com responsabilidade, qualquer que seja a situação, continuamos acompanhando, continuamos interessados e assumimos a nossa carga de responsabilidade.

Esse aspecto é muito importante para que sejamos felizes com os outros e com as situações, aceitando o que não está ao nosso alcance, como nos ensina a oração da serenidade.

Especialmente na relação amorosa, aprendemos que amar não significa ter que provar o amor em todas as situações. O amor acontece e transparece pela nossa atitude, e devemos nos desligar um pouco – relaxar.

Às vezes queremos transformar o mundo e dar um jeito em tudo que julgamos errado.

Essa nossa atitude nos leva a nos metermos na vida dos outros, com o ímpeto de consertá-los, como se fossem um computador com vírus.

Não queira sair dando boot nas pessoas.

Não queira dar um reset nas pessoas.

Se desligue das situações com responsabilidade.

Se desligue das pessoas amorosamente.

Beco