Lições Posts

65 anos

65 anos

Completei ontem 65 anos e sei que hoje estou mais perto dos setenta.

Passei o dia de ontem completamente absorto no meu envelhecimento, nas coisas que tenho praticado e experimentado nos últimos trinta anos.

Muitas coisas perderam completamente a importância, outras ganharam muito espaço no meu radar, e outras tantas foram relativizadas.

Ofereça o melhor para você

Ofereça o melhor para você

Ofereça o melhor para você, reserve o que há de melhor para você desfrutar a vida plenamente.

Pode parecer que eu estou falando do dinheiro, do conforto, da vida material, mas não é nem perto algo relacionado com o mundo material.

Tudo que aprendemos

Tudo que aprendemos

Tudo que aprendemos é fruto das experiências que vivemos.

Temos que valorizar cada passagem de nossa vida, seja ela boa ou sofrida.

De repente somos atingidos por notícia ruim, uma perda, um sofrimento. Nada na nossa vida vem por acaso, e tudo vem para nos ensinar alguma coisa.

Aceitação não é fraqueza

Aceitação não é fraqueza

Aceitação não é fraqueza e sim a capacidade de deixar ir, se libertar das coisas que não temos controle. Significa que você é forte o suficiente para cortar as amarras.

Oportunidades para crescer nas crises

Oportunidades para crescer nas crises

Sei que podemos crescer nas crises, e que cada dificuldade aparece na minha vida para ensinar alguma lição.

Com certeza crescemos mais nas incertezas, crises e dificuldades.

É uma oportunidade também de renovação.

O especial em cada um de nós

O especial em cada um de nós

Somos todos pessoas especiais, e há uma pessoa especial em cada um de nós. Somos únicos e temos uma contribuição positiva à sociedade que somente nós podemos fazer. Mas precisamos saber disso, e precisamos agir nesse sentido.

Tudo que acontece na sua vida é porque você especial.

Cada um conduz a própria vida de maneira particular e isso nos torna indivíduos únicos e genuínos.

Coisas muito importantes

Coisas muito importantes

Coisas muito importantes podem estar sendo negligenciadas. Nos preocupamos com tantas miudezas, futilidades e coisas sem importância. Com isso, não nos sobra energia, ou capacidade mental e emocional para lidar com as coisas mais importantes na nossa vida.