lições de vida Posts

Aprecio o que recebo.

Tenho recebido muito, aprecio e sou grato por tudo.

Amigos sempre estiveram comigo, na ajuda, no apoio, e para a vida de maneira geral, aprendi a receber com mãos agradecidas.

Há momentos que precisamos de conselho, uma luz para as decisões difíceis que estamos por tomar.

Em outros momentos, precisamos de serenidade e paz, e mais do que isso, aquela sensação de segurança espiritual. O sentido de que não estamos abandonados à sorte, e podemos contar com Ele.

O caminho é tortuoso, e isso nem é bom ou ruim por si só, pois cada curva pode nos reservar uma adversidade, uma lição, e uma realização.

Aceite a nova realidade.

A vida não um montão de caminhos sem volta. Vivemos indo e vindo, retornando, refazendo e seguindo adiante.

Há momentos, e temos que colocar atenção, em que resistimos em aceitar uma nova realidade e ficamos paralisados, reclamando da vida, maldizendo as pessoas ao invés de seguir adiante.

A vida é curta, como afirma a escritora Gretchen Rubin, os dias são longos, mas os anos são curtos.

Os algozes – meus professores.

Sei que ninguém faz isso, mas deveríamos agradecer àqueles que nos ameaçam e nos ferem, eles são nossos professores.

Quem impõe uma barreira às nossas ações, faz despertar em nós alguma capacidade escondida, ou nos ajuda a desenvolver alguma competência essencial.

Quando somos confrontados, contrariados e ameaçados, sentimos logo o sangue subir à cabeça, e toda a nossa capacidade ancestral de sobrevivência aflora em milissegundos.

Difícil não guardar rancor, ressentimentos, com algumas pitadas de culpa ou mesmo inveja.

Tropeçando na estrada da vida.

É o que mais fazemos, não tenho dúvidas sobre isso.

A dor de tropeçar passa logo, mas a lição aprendida dura para sempre.

Não importa onde você caiu, mas onde você tropeçou, o que te fez cair.

Não fique maldizendo o incidente e coloque o seu foco na causa, na raiz, e assim vai tirar uma lição.

Ninguém é feliz o tempo todo.

A vida é assim, repleta de momentos alegres e felizes entremeados por eventos tristes e experiências dolorosas.

Devemos nos permitir aproveitar cada partícula de felicidade que a vida tem para oferecer.

Os momentos tristes nos ensinam a valorizar os momentos alegres.

É como se colecionássemos uma pedrinha para cada experiência vivida.

As pedras coloridas e brilhantes são as experiências alegres e felizes.