inveja Posts

Fique feliz com o sucesso dos outros

Fique feliz com o sucesso dos outros

Fique feliz com o sucesso dos outros. É um exercício que todos devemos praticar. Dá um pouco de trabalho pois pinta aquela inveja, o desejo de ter tido a mesma sorte ou a mesma capacidade.

Às vezes, o egoísmo nos impede de apreciar as realizações dos outros.

Dê um basta na ruminação

Dê um basta na ruminação

Pare de ficar mastigando os ressentimentos, a culpa e a inveja. Deixe ir os pensamentos negativos.

Importante pensar nos problemas e buscar soluções adequadas, mas ficar ruminando incessantemente os problemas nos torna infelizes e incapazes de viver as coisas boas que estão acontecendo conosco neste exato momento. Sinta o frescor da brisa matutina, sinta o odor das flores, perceba o verde da vegetação. Isso tudo te traz para o momento presente, e com a prática você vai abandonando esse processo tão prejudicial para a sua busca permanente da felicidade.

As lentes embaçadas

Limpe as lentes dos seus óculos e vai enxergar melhor, olhar o seu mundo com mais realidade.

Vamos nos enchendo de preconceitos, inveja e tanta competição que passamos a enxergar o nosso mundo de maneira bizarra e irreal. Isso é fruto da sujeira que vai se acumulando em nossas lentes.

O efeito é bem parecido com aquilo que ocorre com as lentes dos nossos óculos, e sabemos que temos que lavar e retirar a sujeira, e assim, surpreendentemente, passamos a enxergar melhor. Temos que fazer isso também com nossas lentes emocionais, e seguem algumas dicas para você fazer isso no dia a dia.

Pare de julgar os outros

Não saia julgando, criticando ou condenando os outros. Não queira fazer o papel de Deus, tire essa carga dos ombros e caminhe com mais leveza.

Temos o péssimo costume de julgar os outros com a mesma rapidez que olhamos as horas no relógio. Nem bem percebemos a outra pessoa e já temos algum comentário crítica de suas vestes, sua idade, seu modo de caminhar.

Experimente desativar o seu aparelho julgador por um tempo e se dê conta da leveza e da alegria que é não ter que julgar todo mundo.

Transforme a inveja.

Transforme a inveja que sente dos outros.

Inevitável sentir uma pontinha de inveja de vez em quando, e até gostamos de chama-la de inveja positiva, sem maldade.

A verdade é que toda inveja é negativa, e não existe esse negócio de inveja positiva, mas você pode transformá-la.

Comece por reconhecer a inveja, entendendo que é natural tal sentimento, ainda que indesejável, e escolha transformá-la em algo melhor, positivo, algo que traga o bem para si próprio.

O sucesso dos outros não elimina ou atrapalha a sua chance de sucesso. Na maioria das situações não estamos competindo com ninguém, muito embora tenhamos essa impressão.

O meu carro não está competindo com o carro do vizinho. O currículo do meu filho não compete com o equivalente da família do meu amigo, e assim por diante.

A inveja é um tormento.

A inveja é um tormento para todo mundo. É péssimo quando somos inibidos de contar as boas novas, com o receio de despertar a inveja nos outros. A inveja é sobretudo, um tormento para o invejoso,  devemos a todo custo evitar tal sentimento.

A comparação com os outros sempre abre o caminho para a inveja, prepara o terreno para que ele possa germinar.

Evite a comparação, simplesmente experimentando a satisfação pela outra pessoa ter, mesmo que você não tenha.

Corte a inveja pela raiz, e não deixe que ela se manifeste nem na menor proporção.

Algumas dicas que podem funcionar para você.

A inveja mata.

De onde surgiu essa afirmação tão usual?

Existe algo de bom na inveja?

Excelente mensagem de hoje no Goodlifezen, postado por Stefanie Flaxman, que fala exatamente sobre a inveja.