generosidade Posts

A generosidade.

A frase do mês de junho é despertar a generosidade.

O que há de tão especial na generosidade?

Porque devemos praticá-la?

É uma dessas coisas que achamos que fazemos para os outros, mas na verdade fazemos para nós mesmos.

Perdão – uma opção ao sofrimento.

Nem todo sofrimento envolve o perdão, mas vou contar um caso extremo bastante conhecido.

A jovem ativista Amy Biehl foi morta na Africa do Sul justamente pelo povo objeto de suas ações humanitárias.

Seus pais foram à Africa do Sul e criaram uma Fundação – Amy Biehl Foundation para dar continuidade às ações interrompidas de sua filha. Arrecadaram fundos e conseguiram expandir os projetos.

Fazer de verdade.

Não é fácil fazer a diferença para pessoas, animais, e o planeta.

Queremos ser bons indivíduos, cidadãos e fazer algo de bom, mas decidir o que fazer e como fazer é que são elas.

Até a tarefa de segregar o lixo dá trabalho e exige uma vigilância e determinação.

Outro dia, assisti a um vídeo interessante, o qual ilustra um grupo de pessoas na Índia, liderado por Kartick Satyanarayan. Este grupo resolveu fazer a diferença para os ursos dançantes naquele país.

Um cobertor para o coração.

Às vezes nos sentimos como que querendo um cobertor para o coração.

Parece que temos tudo, mas somos tomados por uma falta não sei do que, algo que nos falta no coração.

Nos lembramos do cobertor quentinho e confortante, que nos protege e afasta a friagem.

Pensamos em pedir, pensamos em receber algo que nos conforte, mas quem sabe não é o contrário.

Veja o melhor na sua parceira.

Veja o melhor na sua parceira. Coloque mais atenção em suas qualidades e menos em seus defeitos.

Não quero com isso dizer que você deva fechar os olhos para os defeitos, ou fazer vistas grossas para os maus tratos, desvios e comportamentos abusivos.

Ninguém é perfeito, nem você mesmo.

O olhar ingênuo e resignado não é bom, pois não é honesto.

O desejo de ajudar e o desejo de modificar.

Tenho que controlar esse desejo de controlar as outras pessoas.

Quando temos arraigado esse sentimento de que eu sei o que é certo, a própria ação de ajudar é também uma ação de controle.

Não devo querer mudar as outras pessoas.

Devo me preocupar em mudar a mim mesmo. Devo me empenhar em ser uma pessoa melhor a cada dia, e deixar que cada um trilhe o seu próprio caminho.

Generosidade espiritual.

Há muitas formas de generosidade espiritual.

Aprendi que a tal generosidade não é aquela relacionada com bens materiais, ou mesmo ações concretas de ajuda.

Tolerância é uma dessas formas de generosidade.

Compaixão é outra poderosa forma de generosidade espiritual.