forças e fraquezas Posts

Uma pessoa mais forte.

Sei que sou uma pessoa mais forte. Usei bem os percalços da vida para me fortalecer. Funcionou para mim como uma academia de ginástica.

Como disse John F. Kennedy: não ore para ter uma vida mais fácil, mas sim para se tornar uma pessoa mais forte.

A vida não é fácil para ninguém, já sabemos disso, e aprendemos a perceber que todos carregam a sua cruz.

Quando estamos em sofrimento, temos a ilusão de que somos os únicos aquinhoados com tanto azar. Com o tempo, maturidade e serenidade, aprendemos que isso não é verdade.

A força da fraqueza.

É preciso ser forte para reconhecer uma fraqueza, assim como é preciso ser corajoso para reconhecer o medo.

Queremos dar uma de forte quando de fato estamos tremendo por dentro.

É preciso muita coragem para reconhecer que estamos temerosos, inseguros e vulneráveis.

Mas o crescimento está aí, em reconhecer o quanto somos vulneráveis, o quanto ainda temos para crescer.

A fraqueza não é fracasso.

Reconhecer a fraqueza e ter a capacidade para transformá-la, é na verdade um sucesso.

Muitas vezes colocamos muita atenção nas nossas fraquezas com o receio de falhar e colocar tudo a perder.

Devemos, no entanto, colocar energia para melhorar as nossas fraquezas tirando lições das oportunidades onde fiquei desapontado com o próprio desempenho.

Não existe esse negócio de fraqueza quando acreditamos em nós mesmos, quando acreditamos que podemos melhorar.

Quando eventualmente falhamos, sabemos que podemos fazer novamente e acertar dessa vez, aprimorando, corrigindo e aprendendo.

A fraqueza é apenas uma redução de força, assim como a escuridão é a redução de luz. Ao trazermos a luz para a escuridão, ela se transforma.

Podemos colocar energia nas nossas fraquezas para assim transformá-las.

Isso se aplica ao indivíduo assim como para grupos, sociedade e nação.

Ainda, o próprio conceito de força e fraqueza deve ser repensado.

Às vezes, aquilo que julgamos uma força pode ser uma fraqueza. Uma mente rígida, inflexível e dura é na verdade uma mente fraca, ao passo que uma mente flexível, resiliente, fluida e compassiva, é uma mente forte.

Uma mente que resiste e se recusa é na verdade uma mente fraca, ao passo que uma mente leve e harmoniosa é uma mente forte.

Quando admitimos as nossas fraquezas, reconhecemos que devemos trazer a energia e a luz para esse ponto do nosso ser.

Temos a tendência de concentrar as nossas atividades onde acreditamos estão as nossas forças, recusando ou evitando atividades onde julgamos que podemos falhar.

Mas devemos aceitar e encarar com energia as situações onde vamos lutar arduamente para ter sucesso – aí está o aprendizado.

Aproveite a atividade sem pensar muito no resultado e vai tirar uma lição valiosa.

Beco