fique no presente Posts

Ame o que é seu.

Não faça tanta comparação.

Não coloque tudo a perder, e ame o que é seu.

Estou hoje parafraseando o título do livro de Emily Giffin que acabei de ler no domingo. O livro que tem o título original: Love the one you’re with, foi editado no Brasil como “Ame o que é seu” e em Portugal como ” Escolhi o teu amor”.

É um livro de ficção que conta a história de uma jovem fotógrafa que fica entre o casamento sólido e a lembrança do romance tórrido que viveu no passado.

Seu namorado de outrora aparece para assombrar o seu casamento, mas no final, ela aprende a não fazer comparações, aprende a fazer concessões e encontrar o equilíbrio na vida pessoa e conjugal.

O dilema do casamento sólido e o romance antigo, as coisas mal resolvidas do passado e as dúvidas do próprio casamento colocam Ellen, a personagem na corda bamba entre os contatos do ex-namorado e a tranqüilidade do casamento.

O romance é uma reflexão sobre as nossas escolhas, a felicidade e as comparações desnecessárias que fazemos nas coisas e nos relacionamentos.

A velha pergunta atormenta a jovem: e se fosse diferente?

O romance, muito bem escrito, me chama a atenção para não ficar acorrentada ao passado e às decisões que lá tomamos.

A vida segue, e devemos ficar satisfeitos com o que temos, amar o que temos.

Somos o resultado dos caminhos que tomamos e as escolhas que fizemos. Ficar obcecada pelas dúvidas relacionadas ao passado é algo improdutivo e é um bloqueio à felicidade.

Beco