faça a despeito do medo Posts

O medo de cometer erros.

O medo excessivo de cometer erros pode nos paralisar. Tememos errar, tememos as consequências e acabamos não saindo do lugar. Temos que agir e realizar os nossos sonhos e projetos, a despeito do medo – parte da natureza humana.

Podemos ter absorvido esse medo na nossa educação, pois os pais incutem muito esse medo de errar, e os pequenos acabam assimilando.

O perfeccionismo e a excessiva cobrança, ou mesmo as punições, acabam exacerbando o medo de errar. A paralisação é uma das consequências, sem contar o estresse que acaba nos corroendo, e prejudicando a nossa saúde.

O medo aprendido.

A despeito dos nossos medos gravados no nosso DNA, seguimos aprendendo novas maneiras de medo.

Temos que ficar atento para evitar que a mala tão cheia de medo nos impeça de viajar nessa jornada da vida.

O medo pode nos paralisar, e a vida não é assim tão perigosa.

Aprendemos a ter medo de não ser aceito, de passar vergonha, de não dar conta do recado.

Medo não mata.

Já morri de medo em tantas ocasiões e continuo vivo. Aprendi que o medo não mata.

O medo é uma emoção, um sentimento ancestral e está arraigado no nosso gene, e devemos conviver com ele da melhor maneira possível.

Temos medo em situações reais de perigo, mas nos dias de hoje, temos mais medo de coisas que não vão acontecer.

O futuro sempre nos amedronta.