Erros Posts

Pare de se sabotar, de colocar cascas de banana no próprio caminho

Pare de se sabotar, de colocar cascas de banana no próprio caminho

Pare de se sabotar, de colocar, você mesma, dificuldades na sua vida. Não coloque cascas de banana no próprio caminho. A vida já difícil por natureza, e a pior coisa que você pode fazer e trabalhar contra si mesma.

Você é capaz:

Antes de mais nada, acredite que você consegue, que você dá conta de fazer. Depois, numa segunda etapa, comece a analisar honestamente as dificuldades, as limitações. Não comece se sabotando de cara.

As oportunidades podem se abrir:

O mundo está aí para conectar coisa com coisa, e todo dia tomamos conhecimento de alguma coisa fantástica que acontece com pessoas comuns.

A vida é difícil e você não está sozinha:

A vida é difícil para todo mundo. Ninguém te disse, quando você nasceu que a vida seria um passeio no parque. A boa novidade é que você não precisa fazer tudo sozinha. Vivemos em comunidade e podemos contar com os outros, assim como ajudamos que precisa.

Comemore quando tudo dá certo:

Aprenda a se valorizar e a comemorar quando as coisas dão certo, quando o seu esforço é recompensado com boas realizações. Se dê valor.

Errar não é punição:

Errar é humano, e cometemos erros para não cometê-los.

Errar não é punição pela nossa incompetência. Errar é uma lição pela nossa inexperiência, que vamos sobrepujar, vencer e realizar.

Você pode melhorar:

Ninguém nasce sabendo, e qualquer um pode aprender uma nova habilidade com atenção, seriedade e determinação. Olhe para o seu passado e veja quanto você evoluiu, quanta coisa nova você aprendeu.

Veja o lado positivo em tudo que faz:

Nem tudo que fazemos vem carregado com orgulho, satisfação, ou resultados imediatos.

A vida é mesma de trabalho duro, mas procure ver os aspectos positivos em tudo que acontece na sua vida.

Valorize o seu esforço em fazer o que tem que ser feito.

Você vai conseguir:

Quando nos empenhamos de fato, o resultado é uma consequência.

“Quanto mais me empenho, mais sorte tenho.” Um velho ditado que nos mostra que a receita é fazer sério, assumir a responsabilidade, e a sorte vai nos encontrar.

Rubens Sakay 

Novas soluções para velhos problemas

Novas soluções para velhos problemas

Queremos resultados diferentes fazendo do mesmo jeito, e isso se aplica muito bem quando abordamos velhos problemas.

Queremos fazer dieta, exercícios físicos, abandonar o cigarro, maneirar na bebida e assim por diante. Damos com os burros n’água pois estamos repetindo as mesmas estratégias fracassadas.

Lutamos contra essas coisas anos a fio sem chegar aos resultados esperados.

Temos que tentar novas abordagens, novas soluções. Fazendo do mesmo jeito vamos chegar ao já conhecidos, resultados indesejáveis.

Tente algo novo.

Tente de outra maneira.

Experimente uma nova solução.

Tenha uma reação diferente para cada velho problema na sua vida.

Abandone essa atitude de sabichão. Sabe tudo e já sabe como fazer, normalmente de modo equivocado. Procure acertar fazendo diferente.

Perdoar é tirar o ressentimento da nossa lembrança

Perdoar é tirar o ressentimento da nossa lembrança

Quando perdoamos, ficamos com a lembrança descontaminada dos ressentimentos. Sempre dizemos que a dor pode ser inevitável, mas o sofrimento é opcional.

Quando deixamos que a memória seja soberana na nossa vida, nos tornamos marionetes do passado. Especialmente os eventos negativos voltam para nos assombrar e causar dor.

Outra característica da mente humana que pode nos prejudicar é a capacidade de catastrofizar os eventos do passado.

Você não deve se culpar pelos seus erros, desde que…

Você não deve se culpar pelos seus erros, desde que…

Para cada sucesso que temos registrado, temos pelo menos 5 iniciativas que deram errado. E não devemos nos desencorajar com os erros e fracassos. É totalmente normal errarmos, desde que aprendamos as lições. Não devemos nos recriminar, desde que não cometamos os mesmos erros seguidamente.

Todos nós vamos nos lembrar do velho ditado – “errar é humano, repetir o erro é burrice”.

Os erros do passado.

Os erros do passado estão aí para te guiar, e não para te massacrar.

Não fique ruminando, se lamentando e se culpando. Aprenda a lição e tenha sempre em mente que valeu a pena.

Cada erro é um portal para novas descobertas, especialmente sobre si mesmo.

Aceite a si mesmo, como autor dos erros cometidos, e se perdoe agora mesmo.

Um pouco de remorso é suficiente.

Não devemos viver embebidos em remorso e arrependimentos.

A vida já é dura sem ter que carregar o peso da culpa.

Mas um pouco de remorso é necessário, e nos coloca no caminho para desfazer alguns erros, pedir desculpas.

Devemos consertar o que erramos sempre que possível.

Muita coisa merece e pode ser reparado.

Um modo gentil de cuidar de mim mesmo.

Nós todos temos uma tendência de ser duro consigo mesmo.

Especialmente quando erramos e falhamos em qualquer empreitada, a autocrítica tende a nos castigar.

Não só tenho que arcar com as consequências do meu erro e ainda tenho aquela voz interna com o dedo em riste para apontar cada detalhe do meu erro.

Isso tem um lado bom, eu sei. Devo aprender com os meus erros e procurar evita-los.

Mas a crítica exagerada me coloca para baixo, afeta a minha autoestima e me limita a enxergar o grande quadro, o caminho da aprendizagem.