enfrente os problemas Posts

6 atitudes para tomar quando o barco está afundando

6 atitudes para tomar quando o barco está afundando

Os problemas podem nos bombardear de tal maneira que em algum momento sentimos que o barco está afundando e que não vamos nos salvar.

Às vezes, parece que as bóias sumiram, as águas traiçoeiras nos puxam para baixo. A vida é assim.

Como sobreviver?

Vou transcrever aqui uma postagem de Christopher Foster publicada no Goodlifezen, com o título: como a catástrofe pode abrir as portas para uma nova vida.

Foster se sentiu afundando aos 63 anos, quando sua esposa faleceu às vésperas de comemorar 25 anos de casado. Ele decidiu abandonar a comunidade espiritual que frequentou por 36 anos.

Se recobre das quedas, se levante e siga em frente

Se recobre das quedas, se levante e siga em frente

Todos nós experimentamos momentos de dificuldades, tropeçamos, caímos e nem por isso devemos nos deixar vencer pelas adversidades.

Se levante do chão pra não ser tratado como um capacho.

Melhore sua autoestima. Cuide de si, dê opinião, mostre os seus dotes, os seus gostos.

Procure seus amigos, não se isole.

Repasse na memória suas realizações para lembra-se o quanto você consegue.

Afaste essa atitude negativa quando conversa consigo mesmo. Uma das piores coisas quando se está por baixo, é a excessiva autocrítica, a conversa negativa que fazemos com nós mesmos.

Faça uma lista das coisas boas e ruins da sua vida.

O mundo não é justo – mas mesmo assim é bom

O mundo não é justo – mas mesmo assim é bom

O mundo pode não ser justo, mas ainda vale a pena viver, usufruindo com alegria tudo que nos é presenteado.

As dificuldades são muitas, eu sei, mas não se faça de vítima. Não faça cara de coitado.

A coisa acontece, e é preciso ter tranqüilidade para lidar com resultados indesejáveis, fracassos, golpe baixo e tudo o mais.

Coisas ruins acontecem com pessoas boas, honestas e dedicadas também.

O desafio é um nutriente

Não se deixe fraquejar com as dificuldades que a vida lhe oferece. Os desafios são nutrientes essenciais para a sua vida.

Uma vida sem dificuldades é inútil e totalmente desperdiçada. Temos que enfrentar o que vem pela frente de cabeça erguida, confiantes em Deus, em si mesmo e na possibilidade de tudo melhorar.

O desafio não tem o seu valor somente naquilo que você pode conseguir, no objetivo que vai atingir, mas principalmente na transformação que ele pode produzir em você. É nesse sentido que o desafio é um nutriente essencial para o seu crescimento pessoal.

A vida não é uma tragédia

Coisas ruins podem acontecer, e os problemas podem querer te derrotar, mas a vida não é uma tragédia.

Muita dor e períodos longos de sofrimento parecem apontar para uma luta sem fim, mas temos que enxergar a luz no final do túnel. Se o fundo do poço parece chegar, dê um impulso com os pés e se lance para cima.

Não há vida sem sofrimento, e nada vem por acaso. A árdua luta de hoje vai mostrar o seu valor um pouco mais adiante.

Temos muito para reclamar da vida, mas não devemos.

Não ignore os problemas.

Muitos dos nossos problemas acontecem justamente porque ignoramos os problemas.

Fazemos vistas grossas, negligenciamos, e até fazemos um esforço para ignorar os problemas. Agimos como se isso bastasse para que eles fossem magicamente resolvidos.

É certo que não queremos problemas, mas ignorá-los ou procrastinar não é uma opção inteligente.

As contas a serem pagas não se resolvem por si.

Os conflitos de relacionamentos e as confusões que criamos não se resolvem por si.

Uma reserva de coragem.

É preciso uma reserva de coragem. Há momentos que o chão parece nos faltar, o tempo à nossa frente se arma em tempestade, e parece que vamos ser devorados vivos.

Nada disso vai acontecer, e é bom você acionar a sua reserva de coragem, pois a jornada pode ser longa, e os problemas podem demorar um pouco a se resolver.

Hoje, acabo de ler um livro de Pema Chodron, intitulado Taken The Leap, e na sua parte final, ela escreve e eu vou transcrever: deep down in the human spirit there is a reservoir of courage – it is always available, always waiting to be discovered. Bem lá no fundo do espírito humano há uma reserva de coragem – está sempre disponível, esperando para ser descoberto.