cuide si Posts

O estresse que criamos.

Padecemos com o estresse que criamos nós mesmos. Temos muito tempo vago para inventar maneiras de infernizar a vida dos outros e a nossa própria.

Temos que fazer aquela pergunta toda vez que estamos prestes a criar um evento de estresse: até que ponto isso é importante?

Muita coisa sem qualquer importância, acaba se transformando num cavalo de batalha por conta do nosso comportamento explosivo.

O mundo é perigoso, às vezes. Por outro lado, temos uma tendência ancestral, que está no nosso DNA, de ver mais perigo do que realmente existe.

A intimidade comigo mesmo.

Tenho que me manter desperto, e assim me conectar com a minha intimidade.

Pensamos estar acordados, mas estamos no piloto automático, carregados por forças externas.

Mas quem é que tem tempo para se conectar consigo mesmo, nesses dias de hoje?

Especialmente quando temos que nos manter conectados com mais de mil pessoas que sequer conhecemos, a tarefa de se manter desperto se torna difícil.