cuide da saúde Posts

Cuide da saúde, cuide do seu corpo que vai te levar até o fim dessa jornada

Cuide da saúde, cuide do seu corpo que vai te levar até o fim dessa jornada

Cuide da saúde, e lembre-se que este corpo vai te levar até o final dessa jornada, e você quer chegar bem. Você quer chegar de bem consigo mesmo, feliz, e pleno nas suas capacidades. “Cuida do teu corpo, é o único lugar que tens para viver – Jim Rohn”.

Como se exercitar pode te deixar feliz (e mais ainda em grupo)

Como se exercitar pode te deixar feliz (e mais ainda em grupo)

Temos um corpo físico que pede para estar em movimento. Não podemos perder qualquer oportunidade para se movimentar, nem que seja um pouquinho.

É comum estimularmos as crianças à prática de esportes, levando-as aos ambientes de grande competição.  Às vezes o ambiente acaba inibindo-as, e depois, quando adultos, fica um trauma residual difícil de vencer.

É importante a prática de esportes e exercícios físicos para uma vida saudável e feliz. Aprender um novo esporte é uma recomendação interessante em qualquer idade.

Quando adultos, inventamos muitas desculpas para nos afastar dos esportes: cuidar dos filhos, trabalho, deveres do lar, cansaço, cuidar dos pais, cuidar dos sogros, os trabalhos da igreja e a conhecida preguiça.

Onde você está desperdiçando sua energia?

Onde você está desperdiçando sua energia?

O nosso cotidiano é repleto de atividades que de nada contribuem para a nossa vida e funcionam como um buraco negro de energia. É como se jogássemos a preciosa energia pelo ralo. E não é difícil explicar porque chegamos ao final do dia esgotados, enfraquecidos e impotentes.

Você está se sentindo cansado, como se tivesse passado o dia empurrando uma montanha com as próprias mãos?

Um sintoma de que isso acontece conosco é quando ficamos numa incansável ruminação sobre alguma coisa que deu errado, procurando culpados, tentando se proteger de algum golpe baixo.

Isso também acontece quando encaramos a vida como uma corrida de cavalos, sendo nós mesmos os cavalos. Estamos sempre tentando colocar uma cabeça de vantagem, sem sequer questionar que diferença isso faz em nossas vidas.

Transforme as ações em hábitos.

Trabalhe bem os seus hábitos saudáveis e eles se tornam seus aliados poderosos.

Não esgote o seu músculo da força de vontade.

Dê a si mesmo o poder de realizar as coisas, ou mesmo de evitar aquilo que quer interromper.

Se é para fazer o bem, simplesmente faça o bem, e não fique elucubrando se é hora, qual a medida, quais os desdobramentos. Seja bom incondicionalmente, e queira o bem das pessoas em qualquer circunstância.

Se desligue, mas não negligencie.

Frequentemente ficamos tão envolvidos emocionalmente com determinado problema, que sentimos que ele contamina tudo no nosso cotidiano.

Isso acontece com doença em família, problemas financeiros, conflitos no trabalho e tantos outros assuntos.

É bom desenvolver um desligamento emocional, um distanciamento responsável.

Se desligue, sem negligenciar. Não é largar de mão, ou deixar de lado, mas simplesmente guardar uma distância adequada.

Experimente a nossa receita!

Ontem fui tomar um sorvete numa loja perto de casa, e notei curiosamente o papel que fica de apoio para os pratos sobre a mesa.

Normalmente esse papel é um espaço valioso para propaganda de produtos, e especialmente as coisas que representam o negócio da loja.

O papel dizia o seguinte:

Experimente a nossa receita!

Ao acordar sorria.

A minha relação com o estresse.

O estresse já salvou os nossos ancestrais, e graças a isso estamos aqui para contar a história.

Mas uma boa parte daquilo que sentimos como estresse, para a realidade do mundo moderno, é exagerado, e podemos aprender a lidar melhor com isso.

Além do estresse que nos coloca em prontidão para lidar com o perigo e também com as situações críticas, temos o estresse das boas emoções. É o contentamento que transborda em alguns momentos.