confiança Posts

“Não” – é uma frase completa.

Temos que nos dar o direito de dizer NÃO, sem dar maiores explicações.

Aprendi com Harriet Braiker, que NÃO, é uma frase completa.

Muitas vezes dizemos NÃO e puxamos um rosário de explicações, e assim, acabamos sozinhos, nos enredando na rede do SIM.

Ser dura consigo mesma.

Não seja dura consigo mesma naquelas coisas que estão fora do seu alcance.

Quando é algo que esteja sob a sua responsabilidade e você tenha algum controle, cabe ser crítica, até para que você possa melhorar. Mas quando o assunto foge ao seu controle, é uma perda de tempo ficar rodando na mente aquele aplicativo de crítica de si mesmo.

Vai entrar em parafuso, especialmente porque não há nada a fazer.

Harriet B. Braiker

A Dra Harriet B. Braiker psicóloga clínica desenvolveu vários trabalhos na área da compulsão por agradar.

Escreveu um livro, The Disease to Please, traduzido e editado no Brasil com o título A Síndrome da Boazinha.

Dra Braiker faleceu prematuramente em 2004 com 55 anos de idade. Ela dedicou a vida profissional em pesquisas envolvendo o comportamento da agradadora compulsiva.

A dor que carregamos.

A dor que carregamos pode ser suavizada. Muitos carregam uma dor profunda, uma fase difícil e experiências especialmente difíceis que vivenciaram.

Quando entram num relacionamento amoroso, esse ingrediente amargo entra na rotina cotidiana e traz um estresse adicional, às vezes insuportável.

Dê conta do recado.

Sinta que está fazendo o que tem que ser feito.

Estabeleça metas factíveis, trabalhe a seu favor e nunca para se boicotar.

Não se julgue o redentor, nem sempre você vai salvar a lavoura ou reverter uma causa irremediável.

É prático ser prático, e é bom ser objetivo.

Conhecer as suas próprias capacidades é muito importante para não se frustrar e não frustrar os outros.

Seguro por fora e amedrontado por dentro.

As adversidades não funcionam como a chuva.

Não vamos encontrar uma capa que nos proteja totalmente – por dentro de por fora.

Não dá para usar uma capa de conforto, uma proteção superficial, se lá dentro, estamos amedrontados, apavorados.

Não use subterfúgios e não adie indefinidamente a batalha.

Desenvolva uma segunda natureza.

Desenvolva uma segunda natureza.

Desenvolva novos hábitos e mais saudáveis.

Se livre dos pensamentos tóxicos.

Se livre das companhias tóxicas.