beleza da vida Posts

Os instantes mágicos da vida

Os instantes mágicos da vida

Não deixe a vida passar despercebida. Fique atento para a abundância e para os instantes mágicos que acontecem no seu cotidiano.

Um prazer momentâneo, um pássaro raro que cruza o ar. Uma flor tão esperada acaba de desabrochar. Uma brisa fria e maravilhosa num dia calorento. Fique atento, aprecie, saboreie. Não se distraia.

Algo belo acabou de acontecer.

Veja algo belo que acabou de acontecer na sua frente. Procure a beleza naquilo que acabou de fazer. Examine com cuidado e certamente vai encontrar alguma coisa especial no evento que acaba de acontecer contido.

Escolha ver a beleza da vida, e descubra o valor no momento vivido.

Você já se deu conta da maravilha que é o mundo hoje. Tire um pouco os óculos da tragédia e do pessimismo, e veja quanta coisa boa tem acontecido contigo e com todos.

O mundo não é o que se passa na TV.

Deixe a beleza da vida voltar à sua vida.

Atente para a beleza da vida, e deixe que ela contamine o seu cotidiano.

Não deixe que a agenda do dia se desenrole sem controle, sem alegria, sem que você tenha um minuto para apreciar a abundância da vida.

Vejo muitas pessoas iniciarem o dia pagando contas pelo computador, enveredando pelos compromissos do trabalho, as tarefas por concluir, as discussões sem fim e os rearranjos de última hora na lista interminável de compromissos.

Onde foi o tempo para você mesma?

Onde foi aquele minuto de calma, uma respiração compassada e um relaxamento que permita o corpo e a mente se equilibrarem?

Jonathan Mead que regularmente posta no blog ThinkSimpleNow, recomenda coisa um pouco diferente que achei interessante comentar.

Diz Jonathan que a vida é rotina em sua grande parte, e devemos então, buscar a beleza também na rotina.

Podemos não estar no lugar que queremos, mas se abrirmos os olhos podemos ver a beleza justo ali onde estamos agora.

Olhe as coisas mais rotineiras, tal como a lista de pendências para atender, agora com outros olhos.

Use a criatividade para sair da rotina, da mesmice e do tédio. Preste atenção total naquilo que está fazendo, mesmo que seja rotineiro.

Para Jonathan, uma das maneiras de encontrar a beleza no cotidiano é aprender a ouvir, coisa que deixamos de fazer conscientemente pois estamos no piloto automático.

O mundo moderno nos enche de distrações que nos impedem de ouvir e prestar atenção nas coisas.

Outro ponto importante é o exercício do não julgamento.

Quando julgamos uma pessoa, imediatamente nos colocamos no modo de humor negativo. Devemos ao invés disso, praticar a compaixão para afastar o julgamento negativo.

Abra o seu coração, aceitando e perdoando as pessoas. Se renda ao momento aceitando as coisas como são.

Finalmente, precisamos reduzir o nosso passo para poder enxergar o que acontece à nossa volta.

Beco