aproveite o agora Posts

Imaginando um futuro sombrio

Imaginando um futuro sombrio

Temos sim uma capacidade incrível de imaginar cenários tenebrosos sobre o nosso futuro.

Uma das coisas que impede que sejamos felizes agora, neste exato momento, é a mente tomada por um quadro sombrio que nós mesmos pintamos do caminho à nossa frente.

Enxergamos o presente, relembramos o passado e imaginamos o futuro.

Na verdade, enxergamos de maneira enviesada o presente. Relembramos com imprecisão o passado, e pintamos um quadro fantasioso e muitas vezes catastrófico daquilo que vamos enfrentar.

A ansiedade para chegar.

A ansiedade para chegar a algum lugar, nos limita a percepção para a beleza do trajeto.

Assim é a na nossa própria vida. Queremos tanto completar dezoito anos e pode dirigir, sair com mais liberdade e podemos facilmente perder a beleza da juventude. Isso pode ser relevado quando somos bem jovens, mas atrapalha a nossa vida quando experimentamos muita ansiedade para chegar a algum lugar, e esse lugar pode ser uma idade, um estágio de amadurecimento e serenidade e mesmo estado de espírito.

Hoje – um pequeno pedaço da minha vida.

Não posso fazer o amanhã nem posso desfazer o ontem, mas posso sim, aproveitar tudo o que a vida me oferece hoje.

Um dia é pouco na vida, e hoje é um pequeno pedaço da minha vida.

No entanto, é tudo o que tenho para aproveitar exatamente agora. Tenho que tirar o melhor proveito, saborear plenamente.

Por acaso, hoje, é a parte da minha vida que tenho todo o controle.

É bom.

A vida é boa nas mínimas coisas e não raro, perdemos essa perspectiva.

Os problemas são muitos eu sei, e a vida não é fácil para ninguém, mas temos que viver com alegria.

As crianças, naquela pureza de espírito, nos ensinam como se contentar plenamente com coisas muito simples.

Um lição que tenho desfrutado tem a ver com meu sobrinho de quase quatro anos de idade.

Feliz agora ou no futuro?

Essa é uma pergunta intrigante, e pensando bem, fazemos realmente muitas concessões pensando na nossa felicidade no futuro. Lutamos por uma carreira, conforto financeiro, casamento, filhos, e parece que estamos adiando a felicidade para um momento lá no futuro.

Tal Ben-Shahar, professor de Harvard relata sobre a pergunta que uma aluna lhe fez: que ponto da vida, com que idade poderia parar de pensar no futuro e ser feliz agora?

Projetamos um futuro melhor, uma vida mais feliz lá no futuro.

Esperando.

Quanto tempo dispendemos esperando por alguma coisa ou por alguém?

Enquanto esperamos, perdemos a chance ou deixamos de aproveitar plenamente aquilo que acontece exatamente agora.

Escreveu Leo Babauta no seu ZenHabits, que esperamos a vida perfeita chegar, e perdemos a vida real.

Que aconteceria se parássemos de esperar por um momento?

Esperar pelo momento ideal, a pessoa perfeita, ou a oportunidade de ouro?

Eu quero diferente.

Quando me vem o sentimento: eu quero diferente, percebo logo a insatisfação tomando conta.

A insatisfação é um sintoma de que não estamos usufruindo a vida.

A vontade de que tudo seja diferente, imediatamente muda a nossa percepção para o modo de insatisfação.

Insatisfeito, fico impedido de aproveitar a vida neste exato momento.

A insatisfação permanente impulsiona a minha mente para outra condição, outro resultado, outra situação.